“Eva está dentro de su gato”, de Gabriel García Márquez: a aproximação entre homem e animal através de um caleidoscópio interpretativo

Raysa Barbosa Corrêa Lima Pacheco

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar o conto “Eva está dentro de su gato” (1947), do escritor colombiano Gabriel García Márquez, enfatizando a presença dos animais na narrativa e os possíveis efeitos de sentido causados por uma leitura aberta a diferentes interpretações. Para tanto, partiremos da análise simbólica dos insetos e do gato, duas espécies distantes dentro da cadeia evolutiva, que desencadeiam na narrativa a formação de uma situação insólita. Posteriormente, mostraremos possibilidades de interpretação do conto sob as perspectivas da metamorfose, da reencarnação, da experiência onírica/lancinante e do devir-animal.

Palavras-chave


Animalidade; Metamorfose; Devir-animal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br