Breve instrodução sobre a instalação do tempo no texto teatral

André Felipe Costa Silva

Resumo


O presente artigo analisa a peça Noite (1969) de Harold Pinter do ponto de vista semiótico (greimasiano) e da enunciação, com ênfase na instalação do tempo. O texto de Pinter apresenta um casal que relembra a noite em que se conheceu – confrontando através do diálogo as diferentes versões que cada um constrói para si. Em diálogo com os estudos da categoria de tempo na enunciação de José Luiz Fiorin em As astúcias da enunciação (2016), proponho uma análise do texto do dramaturgo inglês, investigando de que maneira o enunciador evoca o tempo ao longo da narrativa. Finalmente apresento uma breve reflexão sobre o presente na dramaturgia moderna e contemporânea.


Palavras-chave


Dramaturgia; Enunciação; Semiótica; Tempo.

Texto completo:

PDF

Referências


BERGSON, Henri. Matéria e memória (1896). São Paulo: Martins Fontes, 2006.

BERTRAND, Denis. A Noite Desfigurada: Das figuras ao sujeito em “A Noite” de Maupassant. In: CASA – Cadernos de Semiótica Aplicada (v.2 n.2). São Paulo: UNESP, 2004. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/casa/article/view/616/532

BIRKENHAUER, Theresia. O tempo do texto no teatro. Trad. de Stephan Baumgärtel. In: Cena (nº11). Porto Alegre: PPGAC/UFRGS, 2012. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/cena/article/view/25752

FIORIN, José Luiz. As astúcias da Enunciação. São Paulo: Editora Contexto, 2016.

GREIMAS, Algirdas Julien; COURTÉS, Joseph. Dicionário de Semiótica. São Paulo: Cultrix, 2008.

GUÉNOUN, Denis. O teatro é necessário? São Paulo: Perspectiva, 2004.

MAINGUENEAU, Dominique. Pragmática para o discurso literário. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

PESSOA DE BARROS, Mariana L. O Discurso da Memória: entre o sensível e o inteligível. Tese (Doutorado em Semiótica e Linguística Geral) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-29042013-101320/pt-br.php

PINTER, Harold. Noite. Tradução de Alexandre Tenório (não publicada), 2004.

REGINO, Sueli Maria de Oliveira. Enunciado e Enunciação: no texto secundário da obra dramática. In: Aletria Revista de Estudos Literários (v.7). Belo Horizonte: UFMG, 2000. Disponível em: http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/aletria/article/view/1240/1326

SZONDI, Peter. Teoria do drama moderno. São Paulo: Cosac Naify, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br