O “pecado do pecado": adultério, vulnerabilidade corporal e normas de gênero desde a jovem dramaturga Clarice Lispector

Lucas dos Santos Passos, Luciana Borges

Resumo


O presente trabalho parte da única peça teatral escrita por Clarice Lispector, intitulada “A pecadora queimada e os anjos harmoniosos”, para oferecer uma leitura crítica das relações de gênero em termos de encenações públicas e normativas. Pelo teor altamente alegórico do texto, e por explorar punições diferenciais a que está destinada a mulher, o presente trabalho apresenta uma leitura da peça em perspectiva de gênero, principalmente de Judith Butler como o de vulnerabilidade corporal e normas de gênero. Apontamos como o gênero enquanto norma precede e excede o sujeito, estiliza seu corpo no crisol da publicidade social, sobretudo através da exploração corporal.

Palavras-chave


Clarice Lispector; (Relações de) gênero; Pecado.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, Louis. Aparelhos ideológicos de estado: notas sobre os aparelhos ideológicos de estado. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1992.

BEAUVOIR, Simone. O segundo sexo: fatos e mitos. v. 1. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2016a.

______. O segundo sexo: a experiência vivida. v. 1. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2016b.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. 9. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

BUTLER, Judith. Deshacer el género. Buenos Aires: Paidós, 2006a.

______. Lenguaje, poder e identidad. Madrid: Editorial Síntesis, 1997.

______. Performatividad, precariedad y políticas sexuales. Revista de Antropología Iberoamericana, Madrid, v. 4, n. 3, set/dez, 2009, p. 321-336.

______. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

______. Vida precaria: el poder del duelo y la violencia. Buenos Aires: Paidós, 2006b.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O anti-édipo: capitalismo e esquizofrenia 1. Lisboa: Assírio & Alvim, 2004.

______. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. v. 1. São Paulo: Ed. 34, 1995.

DERRIDA, Jacques. A escritura e a diferença. São Paulo: Perspectiva, 1995.

______. A farmácia de Platão. São Paulo: Iluminuras, 2005.

FITZ, Earl E.; NALINI, Eneida. A pecadora queimada e os anjos harmoniosos: Clarice Lispector como dramaturga. Revista Cerrados, Brasília, v. 20, n. 32, p. 130-149. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2014.

LISPECTOR, Clarice. A legião estrangeira. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1964.

______. A pecadora queimada e os anjos harmoniosos. In: MONTERO, Teresa; MANZO, Lícia. (Org.). Outros escritos. Rio de Janeiro: Rocco, 2005. p. 57-69.

PASSOS, Lucas dos Santos; BORGES, Luciana. Gênero, duelo e vulnerabilidade corporal: apontamentos desde duas personagens clariciainas. estrema: Revista Interdisciplinar de Humanidades, v. 6, n. 6, p. 22-55. Disponível em: . Acesso em: 31 jan. 2018.

______. Para devir (n)um texto clariciano: com, contra e além da “intenção”. Revista Língua & Literatura, v. 17, n. 28, dez. 2015, p. 228-255. Disponível em: . Acesso em: 31 jan. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br