Quando a menina é de lá: fenomenologia, tensividade e semiótica em Guimarães Rosa

Letícia Moraes Lima

Resumo


O presente estudo tem como objetivo verificar como a morte, considerada um momento limítrofe para a existência humana no contexto ocidental, se apresenta sob uma espécie de encantamento na narrativa rosiana. Para compreender as tensões que perpassam o campo de presença do sujeito que se depara com a finitude, apresentamos uma análise a partir dos estudos da semiótica tensiva de Zilberberg, que concilia muitas das contribuições da fenomenologia de Merleau-Ponty junto com os postulados de uma semiótica de cunho estruturalista de Greimas. Acreditamos que é a partir dos conteúdos sensíveis que podemos compreender melhor os contos rosianos. 


Palavras-chave


Semiótica; Guimarães Rosa; Fenomenologia; Tensividade.

Texto completo:

PDF

Referências


DASTUR, Françoise. A Morte. Ensaios sobre a finitude. Trad. Maria Tereza Pontes. Rio de Janeiro: Difel, 2002.

FONTANILLE, Jacques. Semiótica do Discurso. Trad. Jean Cristtus Portela. São Paulo: Contexto, 2011.

_________. & ZILBERBERG, C. Tensão e significação. Trad. Ivã Carlos Lopes, Luiz Tatit e Waldir Beividas. São Paulo: Discurso Editorial/Humanitas, 2001.

GREIMAS, Algirdas Julien. Da Imperfeição. Trad. Ana Claudia de Oliveira. São Paulo: Hacker, 2002.

_________. Semântica estrutural. Trad. Haquira Osakabe e Izidoro Blikstein. São Paulo: Cultrix, 1973.

HOUAISS, Antônio. Dicionário Eletrônico Houaiss. Rio de Janeiro: Positivo, 2009. Versão 3.0. CD-ROM.

MARTINS, Nilce Sant’Anna. O léxico de Guimarães Rosa. São Paulo: EDUSP, 2001.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da Percepção. Trad. Carlos Alberto de Moura. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

ROSA, João Guimarães. Primeiras Estórias. 15ed. Rio de Janeiro: Novas Fronteiras, 2001.

TATIT, Luiz. Semiótica à Luz de Guimarães Rosa. São Paulo: Ateliê Editorial, 2010.

ZILBERBERG, Claude. Elementos de Semiótica Tensiva. Trad. Ivã Carlos Lopes, Luiz Tatit e Waldir Beividas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br