Análise intermidiática de duas adaptações para romances gráficos de “O alienista”

Erika Viviane Costa Vieira, Erika Gabriella Mendes Silva

Resumo


Este trabalho buscou comparar os recursos narrativos das adaptações quadrinísticas, realizadas por Vilachã e Rodrigues (2006) e Moon e Bá (2007), do conto clássico “O alienista”, por meio de uma análise a partir de fragmentos da obra machadiana. Por serem os romances gráficos uma combinação de mídias e as adaptações transposições midiáticas, nos apoiamos nos conceitos de intermidialidade, segundo Rajewsky (2012), e de narratividade midiática, segundo Gaudreault e Marion (2012). O objetivo foi identificar os tipos de narratividade que as adaptações conferiram ao texto fonte e como elas contribuem como ferramenta própria de leitura no âmbito educacional.

 


Palavras-chave


Adaptação; Intermidialidade; Romance gráfico; “O alienista”.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSIS, Machado de. O alienista. In: ________. Obra Completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994. v. II.

BORGES, R. Clássicos em HQ. São Paulo: Peirópolis, 2013.

CHINEN, N. et al. Literatura em quadrinhos no Brasil: uma área em expansão. In: RAMOS, P. et al (Org.). Quadrinhos e literatura: diálogos possíveis. São Paulo: Ed. Criativo, 2014. pp. 12-36.

CLÜVER, C. Intermidialidade. Pós: Belo Horizonte, v. 1, n. 2, pp. 8-23, nov. 2011.

COSTA, L. Machado em quadrinhos: aspectos discursivos de uma tradução intersemiótica. Scientia Traductionis, n.14, 2013, pp. 198-220.

EISNER, W. Quadrinhos e arte sequencial. Tradução de Luís Carlos Borges. 3. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

GAUDREAULT, A.; MARION, P. Transescritura e Midiática Narrativa. Questões de intermidialidade. Tradução de Thaïs Flores Nogueira Diniz. In: DINIZ, T. F. N. (Org.). Intermidialidade e estudos interartes: desafios da arte contemporânea. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012. pp. 107-128.

GOMES, R. O alienista: loucura, poder e ciência. Tempo Social, São Paulo, v. 5, n. 1-2, pp. 145-160, 1993. Disponível em: . Acesso em: 22 jun. 2016.

GOTLIB, N. B. Teoria do conto. 11ª Ed. São Paulo: Ed. Ática, 2006.

GRAVETT, Paul. Graphic Novels: Everything You Need to Know. New York: Harper Collins, 2005.

MODENESI, T. V. Quadrinhos e educação em cinco pontos de vista. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2013.

MOON, F.; BÁ, G. O Alienista de Machado de Assis: adaptação de Fábio Moon e Gabriel Bá. Rio de Janeiro: Agir, 2007.

PIROTA, P. Palimpsestos machadianos: adaptações para os quadrinhos da obra O alienista. In: RAMOS, P. et al (Org.). Quadrinhos e literatura: diálogos possíveis. São Paulo: Ed. Criativo, 2014. pp. 85-110.

RAJEWSKY, I. O. Intermidialidade, intertextualidade e "remediação": uma perspectiva literária sobre a intermidialidade. Tradução de Thaïs Flores Nogueira Diniz. In: DINIZ, T. F. N. (Org.). Intermidialidade e estudos interartes: desafios da arte contemporânea. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012. pp. 15-45.

RAMOS, P; VERGUEIRO, W.; FIGUEIRA, D. Quadrinhos e literatura: diálogos possíveis. São Paulo: Criativo, 2014.

SANDERS, Julie. Adaptation and appropriation. New York: Routledge, 2006.

VERGUEIRO, W.; RAMOS, P. OS Quadrinhos (oficialmente) na escola dos PCN ao PNBE. In: ________(Orgs.). Quadrinhos na educação: da rejeição à prática. São Paulo: Contexto, 2009.pp. 9-42.

VIEIRA, E. V. C. Espectros de Hamlet: questões de adaptação e apropriação. 2012. 199f. Tese (Doutorado em Estudos Literários) – Faculdade de Letras, UFMG, Belo Horizonte, 2012.

VILACHÃ, F.; RODRIGUES, F. O alienista de Machado de Assis: adaptação, roteiro e ilustrações de Francisco Vilachã. São Paulo: Digisa, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br