O agudo e o crônico: masculinidade e paratopia em São Bernardo e “Mulheres”, de Graciliano Ramos

Erick da Silva Bernardes

Resumo


Este artigo promove uma leitura comparada da crônica “Mulheres”, que faz parte de Garranchos (2012), coletânea de textos organizada por Thiago Mio Salla, e do romance São Bernardo (2012), ambos de Graciliano Ramos. Sob o aporte teórico de O contexto da obra literária (2001), de Dominique Maingueneau, analisamos os efeitos paratópicos do texto cronístico e romanesco da prosa de Ramos. Baseados na teoria da carnavalização de Mikhail Bakhtin (2001) discutimos a noção de masculinidade e os estereótipos assim revelados pelo discurso literário, bem como a estratégia alegórica de enfoque “machista” para a narrativa ficcional.

 


Palavras-chave


Graciliano Ramos; "Mulheres"; São Bernardo; Masculinidade; Literatura Comparada.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, Mikhail Mikhailovich. Problemas da poética de Dostoievski. 5 ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

BARTHES, Roland. Aula. São Paulo: Cultrix, 2007.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

CANDIDO, Antonio. Ficção e confissão: ensaios sobre Graciliano Ramos. 4 ed. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2012.

ELESBÃO, Juliane; RAMOS Isaac Almeida. “A menina de Alfred Guillou”. RAMOS, Isaac Almeida (Org.). Poesia Livre - 2014: concurso nacional novos poetas. Fortaleza: Vivara, 2014. Disponível em: . Acesso em: 31 dez. 2015.

HELENA, Flávia. O fabricante de textos. Guaratinguetá, SP: Penalux, 2015.

ISER, Wolfgang. Os atos de fingir ou o que é fictício no texto ficcional. In: LIMA, Luiz Costa (Org.). Teoria da literatura em suas fontes. vol. 2. 3. ed. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

KOCH, Ingedore, Ler e escrever: estratégias de produção textual. 2 ed. São Paulo: Contexto, 2014.

LIMA, Luiz Costa; BASTOS, Dau (Org.) Luiz da Costa Lima: uma obra em questão. Rio de Janeiro: Garamond, 2010.

LOBO, Luiza. Crítica sem juízo. 2 ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2007.

MAINGUENEAU, Dominique. O contexto da obra literária: enunciação, escritor e sociedade. 2 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

MARX, Karl. O capital. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

MIRANDA, Wander Melo. Graciliano Ramos. São Paulo: Publifolha, 2004.

NETO, Godofredo de Oliveira. Posfácio. In: RAMOS, Graciliano. São Bernardo. 4 ed.Rio de Janeiro: BestBolso, 2012.

PRIORE, Mary del. Histórias íntimas: sexualidade e erotismo na história do Brasil. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2011. Disponível em: . Acesso em: 02 jan. 2016.

RAMOS, Graciliano. São Bernardo. 4 ed. Rio de Janeiro: BestBolso, 2012.

______; SALLA, Thiago Mio (Org.) Garranchos. Rio de Janeiro: Record, 2012.

RESENDE, Beatriz. RESENDE, Beatriz. Contemporâneos: expressões da literatura brasileira do século XXI. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2008.

SANTOS, Joaquim Ferreira dos. Prefácio. In: SANTOS, Joaquim Ferreira dos (Seleção). As cem melhores crônicas brasileiras. Rio de Janeiro: Objetiva, 2007.

SCHOLLHAMMER, Karl Erik. Ficção brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009.Contemporâneos: expressões da literatura brasileira do século XXI. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br