A crônica de José Saramago: Voz contrária a um semear de palavras carunchadas

Saulo Gomes Thimóteo

Resumo


Nas crônicas do escritor português José Saramago, há suma tentativa de compreender o mundo por meio da palavra. Funcionando como ponte de interpretação entre o leitor e os discursos sociais e políticos, o cronista deslinda as ditas estruturas, para encontrar as mensagens subterrâneas apenas sugeridas. Assim, tomando como exemplo a crônica “O eufemismo como política”, vai-se observar a forma saramaguiana de análise retórica, visando à tomada de consciência e de uma leitura crítica.


Palavras-chave


José Saramago; Crônica; Retórica; Política.

Texto completo:

PDF

Referências


ÁVILA, Affonso. António Vieira e o ‘usar bem do jogo’. In: Revista Colóquio/Letras.

Ensaio, n. 4, Dez. 1971, p. 5-17.

BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 1995.

CANDIDO, Antonio. Dois cronistas. In: iTextos de intervenção. São Paulo: Duas Cidades, 2002.

CUNHAL, Álvaro. A revolução portuguesa – o passado e o futuro. Lisboa: Editorial “Avante!”, 1994.

GRAMSCI, Antonio. Literatura e vida nacional. Trad: Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1968.

MENDES, José Manuel. Por uma literatura de combate. Lisboa: Bertrand, 1975.

MÉSZÁROS, István. A teoria da alienação em Marx. Trad: Isa Tavares. São Paulo: Boitempo, 2006.

MOUTINHO, Isabel. A crônica segundo José Saramago. In: Colóquio/Letras, n. 151/152 (José Saramago: o ano de 1998), Janeiro-Junho, 1999, p. 81-91.

PORTELLA, Eduardo. A crônica brasileira da modernidade. In: Ensaios: Crônica, teatro e crítica, vol. I. 2ª Bienal Nestlé de Literatura Brasileira. São Paulo: Norte Editora, 1986.

QUEIRÓS, Eça de. Uma campanha alegre, vol. 1. Porto: Lello & Irmão, 1946.

REIS, Carlos. Diálogos com José Saramago. Lisboa: Caminho, 1998.

SARAIVA, José Hermano. História de Portugal. Sintra: Alfa, 1993.

SARAMAGO, José. Os apontamentos. Lisboa: Editorial Caminho,

________. Ler. Disponível em: , acesso em 06/02/2013.

SARTRE, Jean-Paul. Que é a literatura? Trad: Carlos Felipe Moisés. São Paulo: Editora Ática, 1989.

SEIXO, Maria Alzira. Lugares da ficção em José Saramago. Lisboa: IN-CM, 1999.

SOUZA, Thana Mara de. Sartre e a literatura engajada: Espelho crítico e consciência infeliz. São Paulo: EDUSP, 2008.

TEIXEIRA, Clara. O milagre português. In: Visão História. A queda de Salazar e a “primavera marcelista”. Paço de Arcos: Edimpresa. Julho 2008, n. 2, p. 35-7.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br