Frauta de barro: A transculturação como resposta ao ser tardio

Alexandre da Silva Pimentel

Resumo


Partindo-se das possíveis interpretações das noções de Spätzeit e “Ser tardio”, este artigo analisa a ideia de transculturação em <i>Frauta de barro<i> (1963), de Luiz Bacellar, uma das obras mais importantes da poesia amazonense. O antagonismo entre regiões centrais e periféricas relaciona-se com a tensão dicotômica entre modernidade e atraso. A transculturação é estudada aqui como uma resposta criativa para a condição marginal presente tanto na região amazônica quanto na produção literária que nela é gerada. 


Palavras-chave


Marginalidade; Amazônia; Transculturação; Frauta de barro.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Flávio; VASCONCELOS, Sandra Guardini. O conceito de transculturação na obra de Ángel Rama. In: ABDALA JUNIOR, Benjamim (org). Margens da cultura: mestiçagem hibridismo & outras misturas. São Paulo: Boitempo, 2004, pp. 87-97.

BENTES, Dorinethe dos Santos; ROLIM, Amarildo Rodrigues. O Amazonas no Brasil e no mundo. Manaus: Mens’sana, 2005.

BACELLAR, Luiz. Frauta de barro. 5 ed. In: Quarteto: obra reunida. Manaus: Valer, 1998, pp. 21-104.

DIAS, Edinea Mascarenhas. A ilusão do Fausto: Manaus (1890-1920). Manaus: Valer,1999.

FANTINI, Marli. Águas turvas, identidades quebradas: hibridismo, heterogeneidade, mestiçagem e outras misturas. In: ABDALA JUNIOR, Benjamim (org). Margens da cultura: mestiçagem hibridismo & outras misturas. São Paulo: Boitempo, 2004, pp. 159-180.

KRÜGER, Marcos Frederico. A sensibilidade dos punhais. Manaus: Edições Muiraquitã, 2007.

LEÃO, Allison. Representações da natureza na ficção amazonense (Tese). Belo Horizonte: UFMG, 2008.

MOSER, Walter. Spätzeit. In: MIRANDA, Wander Melo (org). Narrativas da modernidade. Belo Horizonte: Autêntica, 1999, pp. 33-54.

PAZZINATO, Alceu Luiz; SENISE, Maria Helena Valente. História moderna e contemporânea. São Paulo: Ática, 1992.

RAMA, Ángel. Literatura e cultura na América Latina. Tradução: Raquel la Corte dos Santos; Elza Gasparotto. São Paulo: Edusp, 2001.

SOUZA, Maria Luiza Germano de. O sertão revisitado: o regionalismo literário amazônico em Elson Farias e Milton Hatoum (Dissertação). Manaus: UFAM, 2010.

TELLES, Tenório. Tempo e poesia em Luiz Bacellar. In: BACELLAR, Luiz. Quarteto: obra reunida. Manaus: Valer, 1998, pp. 11-19.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br