Aberto para balanço: tempo de revisão na poesia brasileira contemporânea

Elaine Cristina Cintra

Resumo


É possível constatar, na atual poesia brasileira, a presença de um movimento de revisão de expressões líricas em alguns autores, como Paulo Henriques Britto, Antônio Cícero e Armando Freitas Filhos, que consolidaram suas obras nas décadas de 1980 e 1990. Tais “balanços” poéticos empreendem uma avaliação lírica do indivíduo e de sua geração, ao mesmo tempo em que cotejam as expressões autobiográficas frequentes na literatura brasileira. Este trabalho propõe, então, observar alguns desses “balanços”, a partir da hipótese de que é possível vislumbrar a trajetória estética desses autores, bem como discutir as maneiras pelas quais essas formas se inscrevem em tal contexto.


Palavras-chave


Literatura brasileira; Poesia contemporânea; Escritas do eu.

Texto completo:

PDF

Referências


ARFUCH, Leonor. O espaço biográfico: dilemas da subjetividade contemporânea. Rio

de Janeiro: Editora da UERJ, 2010.

BLANCHOT, Maurice. O livro por vir. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

BRITTO, Paulo Henriques. Tarde. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

________. Formas do nada. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

CARDOSO, Tiago Henrique. Lar, (2009)de Armando Freitas Filho. Uma autobiografia do

absurdo. (Dissertação de mestrado). Uberlândia – MG, UFU, 2013.

CÍCERO, Antonio. Porventura. Rio de Janeiro: Record: 2012.

FREITAS FILHO, Armando. Dever (2007-2013). São Paulo: Companhia das Letras,

________. Lar, (2004-2009). São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

)

Elaine Cristina Cintra (UFPB/UFU)

ABERTO PARA BALANÇO: TEMPO DE REVISÃO NA POESIA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA 25

Londrina, Volume 15, p. 9-25, jan. 2016

ROCHA, Clara. Máscaras de narciso. Estudos sobre a literatura autobiográfica em

Portugal. Coimbra: Almedina, 1992.

ROSA, Mário Alex. Dualidades na poesia de Armando Freitas Filho. (Tese de doutorado).

São Paulo: USP, 2009.

SECCHIN, Antônio. Orelha. In: CÍCERO, Antonio. Porventura. Rio de Janeiro:

Record: 2012.

TRIGO, Luciano. Entrevista. Dever marca os 50 anos de poesia de Armando Freitas

Filho. Disponível em:

.

Acesso em: 1 set. 2013.

________. Em ‘Porventura’, Antonio Cicero rima (e não rima) poesia com filosofia.

Disponível em:

.

Acesso em: 13 ago. 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br