Que eu é esse? – Prosa e verso do milagre ao mercado

Valeria Rosito

Resumo


Se, de forma geral, os discursos referentes à “fragmentação” e “desterritorialização” do sujeito dominam a cena crítica na contemporaneidade, a prosa e a poesia de alteridades periféricas se produzem em contracorrentes temáticas e estéticas, impulsionadas por um eu alargado e plural e substantivado na referenciação histórica e territorial. A exemplaridade dessa tensão é examinada textualmente à luz do contexto histórico pós-ditatorial dos anos 80 e 90 do século XX, assim como da intensificação da escrita das margens nas duas primeiras décadas do século XXI.

 


Palavras-chave


Crítica Literária; Literatura Brasileira Contemporânea; Poesia Brasileira Contemporânea; Estudos Subalternos.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Arnaldo. As coisas. São Paulo: Iluminuras, 1992.

______. Entrevista com Arnaldo Antunes. O Correio da Bahia 07 dez.2006. Disponível

em:

Acesso

em: 17 jan. 2008.

AVELAR, Idelber. Alegorias da derrota: a ficção pós-ditatorial e o trabalho do luto na

América Latina. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

BATALHA, Rogério. Melaço. Rio de Janeiro: Bizu, 2002.

BENJAMIN, Walter. “Paris do segundo império”. In: ______. Charles Baudelaire: um

lírico no auge do capitalismo. Obras escolhidas, vol. 3. Trad. José Martins Barbosa e

Hermenson Alves Baptista. São Paulo: Brasiliense, 1989, p. 9-101.

______. “Sobre o conceito da história”. In:______. Magia e técnica, arte e política:

ensaios sobre literatura e história da cultura; obras escolhidas, v.1. Trad. Sergio Paulo

Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994, p. 165-196.

BILAC, Olavo. “A um poeta”. [1919] Disponível em:

Acesso em: 20 fev. 2012.

CASTRO ALVES, Antônio Frederico de. Vozes d’África. [1868] Disponível em:

Acesso em: 20 fev. 2012.

CESAR, Ana Cristina. A teus pés. 3.ed. São Paulo: Brasiliense, 1984. Disponível em:

Acesso em: 20 fev.

DELEUZE, Gilles & GATTARI, Félix. What is minor literature? In: FERGUSON,

Russell; GEVER, Martha; MINH-HA, Trinh T; WEST, Cornel, Eds. Out there:

marginalization and contemporary cultures. New York; Cambridge; London : The New

Museum of Contemporary Art; The MIT Press, 1990, p. 59-70 (v.4)

EVARISTO, Conceição. Poemas da recordação e outros movimentos. Belo Horizonte:

Nandyala, 2008. (Coleção Vozes da Diáspora Negra, v.1).

LEMINSKI, Paulo. “Apagar-me”. In: ------. Não Fosse Isso e Era Menos. Não Fosse Tanto

e Era Quase. Curitiba: 1981, p. 63. Disponível em:

Acesso em: 20 fev. 2012.

ROSITO, Valeria. Cinema cidadão e gênero ‘denúncia’: o caso Cidade de Deus. Revista

Rio de Janeiro, n. 12, jan-abril 2004.

_______. Poesia contemporânea em Arnaldo Antunes: ventando as palavras,

alforriando as coisas. Interletras (Dourados) v. 1, p. 1-9, 2008.

SANTIAGO, Silviano. “Democratização no Brasil, 1979-1981”. In: ANTELO, Raúl et

al. Declínio da arte, ascensão da cultura. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 1998.

______. “O narrador pós-moderno”. In: ______. Nas malhas da letra. Rio de Janeiro:

Rocco, 2002, p. 44-60.

SCHWARZ, Roberto. “Marco histórico”. In: ______. Que horas são? São Paulo:

Companhia das Letras, 2002, p. 57-66.

SISCAR, Marcos. A cisma da poesia brasileira. Trad. Milena Magalhães e Marcos

Siscar. Revista de Poesia e Cultura, Ateliê Editorial, ano 5, n. 8-9, 2005. Disponível em:

Acesso

em: 20 fev. 2012.

SPIVAK, Gayatri Chakravorty. Pode o subalterno falar? Trad. Sandra Regina Goulart

Almeida; Marcos Pereira Feitosa; André Pereira Feitosa. Belo Horizonte: Ed. UFMG,

STAIGER, Emil. Conceitos fundamentais da poética. Trad. Celeste Aída Galeão. Rio de

Janeiro: Tempo Brasileiro, 1972.

VAZ, Sérgio. Colecionador de pedras. São Paulo: Global, 2007.

______. Literatura, pão e poesia. São Paulo: Global, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br