INVERSÕES DO PARAÍSO: OS GUIAS DANTESCOS EM O PRIMO BASÍLIO E MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS

Tatiana Prevedello

Resumo


O foco de nossa análise parte do pressuposto de que as obras O primo Basílio e Memórias Póstumas de Brás Cubas, em evidente ironia aos paradigmas sociais e morais, cada uma valendo-se de recursos narrativos específicos, trazem para o seu cerne ficcional um diálogo, implícito ou referido em símbolos e citações, com A Divina Comédia, do poeta italiano Dante Alighieri. Pretende-se, nesse estudo, verificar o itinerário das personagens que se apresentam como guias dantescas no percurso metafórico de condução ao Inferno nestas duas obras exponenciais do realismo português e brasileiro.

The focus this analysis assumes that the works O primo Basílio and Memórias Póstumas de Brás Cubas, in obvious irony to the social and moral paradigms, each one making use of specific narrative resources, bring to their fictional core a dialogue with The Divine Comedy, of the Italian poet Dante Alighieri, implied or reported in symbols and quotes. The aim this study is analyze the route of the characters who present themselves as Dantesc guides in the metaphorical journey of driving to Hell in these two exponential works of Portuguese and Brazilian realism


Palavras-chave


Tradição; Influência; Realismo; Inferno; Tradition; Influence; Realism; Hell.

Texto completo:

PDF

Referências


ALIGHIERI, Dante. A Divina Comédia (Edição bilíngue). 2. ed. Trad. Italo Eugenio Mauro. São Paulo: Editora 34, 2010.

ASSIS, Machado de. Memórias póstumas de Brás Cubas. São Paulo: Abril, 2010.

______. Crítica literária. São Paulo: Mérito, 1959.

AUERBACH, Erich. Dante, poeta do mundo secular. Trad. Raul de Sá Barbosa. Rio de Janeiro: Topbooks, 1997.

BAKTHIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. Trad. Yara Franteschi Vieira. São Paulo: Hucitec, 2010.

BLOOM, Harold. Bloom’s major poets: T. S. Eliot. United States: Chelsea House Publishers, 1999.

ELIOT, Thomas Stern. Tradition and the individual talent. London: Faber, 1975.

QUEIRÓS, Eça de. O primo Basílio. São Paulo: Abril, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br