A ESTÉTICA NÔMADE DE CATATAU

Dalva de Souza Lobo

Resumo


Este trabalho propõe-se a discutir a desmaterialização da linguagem narrativa da obra Catatau, do poeta Paulo Leminski a partir da voz em performance do personagem Renatos Cartesius, cujo exercício rizomático se expande na formação de novas ambiências sígnicas tão efêmeras e nômades quanto sua trajetória errante, levando, assim, à rarefação o pensamento e a linguagem em função da ruptura com as relações diádicas e com a hipotaxe da sintaxe linear. Nossa reflexão para tal discussão apoia-se nos estudos do poeta medievalista e pesquisador da voz, Paul Zumthor e no pensamento dos filósofos Gilles Deleuze e Félix Guattari.

This work aims to verify the language dematerialization in the narrative of the literary work Catatau, by the poet Paulo Leminski. It starts with the voice in performance of the character Renatos Cartesius, whose rizomatic exercise expands and forms new signic ambience that is as much transitory and nomad as its erratic course thus leading to the rarefaction of the thought and language due to the disruption with the dyadic relationships and with the hypotaxis of the linear syntax. To be able to debate this issue, this work will support itself in the studies of the medievalist poet and voice researcher, Paul Zumthor and in the philosophical thoughts of Gilles Deleuze and Felix Guattari. 


Palavras-chave


voz em performance; nomadismo; rizoma; ambiência. voice in performance; nomadism; rhizome; ambience.

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, Wilton. Interpoesia: o início da escritura expandida. Tese de PósDoutorado. Paris: Université Paris 8 – Sorbonne – Laboratoire de Paragraphe, 2009.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol. 1. Tradução: Aurélio Guerra Neto e Célia Pinto Costa. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1995.

______. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol. 3. Tradução: Aurélio Guerra Neto et al. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1996.

______. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol. 5. Tradução: Peter Pál Pelbart e Janice Caiafa. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1997.

DELEUZE, Gilles. Diferença e Repetição. 2 ed. Tradução: Luiz Orlandi, Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 2006.

KRISTEVA, Julia. História da linguagem. Tradução: Margarida Barahona. Lisboa: Edições 70 Lda., 2007.

LEMINSKI, Paulo. Catatau. 2 ed. Porto Alegre, RS: Sulina, 1989.

ZUMTHOR, Paul. Performance, recepção, leitura. Tradução: Jerusa Pires Ferreira, Suely Fenerich. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

______. Escritura e Nomadismo: entrevistas e ensaios. Tradução: Jerusa Pires Ferreira, Sônia Queiroz. Cotia, SP: Ateliê Editorial, 2005.

GHISALBERTI, Alessandro. Guilherme de Ockham. Disponível em: http://books.google.com.br/books?id=PCUWBB, acesso em 26/ago/2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br