SOLIDÃO E ERRÂNCIA NO ROMANCE PEIXE DOURADO, DE JEAN MARIE GUSTAVE LE CLÉZIO

Luciane Alves Santos

Resumo


Na obra do escritor francês Jean Marie Gustave Le Clézio, o tema da errância e da marginalização se inscreve, invariavelmente, no debate sobre a complexidade das identidades fragmentadas pelo processo de descolonização. De sua extensa e variada lista de publicações, este trabalho tem como objeto de análise o romance Peixe dourado, a partir da violenta disjunção familiar e das deambulações empreendidas pela protagonista embuscade suas origens e, consequentemente, de sua verdadeira identidade. 


Abstract: In the work of the French writer Jean Marie Gustave Le Clézio, the theme of wandering and marginalization is inscribed invariably in the debate about the complexity of the identities fragmented by the process of decolonization. From his extensive and varied list of publications, this paper aims at analyzing the novel Peixe dourado, from the violent familiar disjunction and the wandering undertaken by the protagonist in search of her origin sand, consequently, of her true identity.


Palavras-chave


J. M. G. Le Clézio; imigração; errância; identidade. J. M. G. Le Clézio; immigration; wandering; identity.

Texto completo:

PDF

Referências


HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução: Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. 10 ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

______. A questão multicultural. In: ______. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Tradução: Adelaine La Guardia Resende et al. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

LE CLÉZIO. Jean Marie Gustave. Peixe Dourado. Tradução: Maria Helena Rodrigues de Souza. São Paulo: Companhia Das Letras, 2001.

RIDON, Jean-Xavier. Ecrire les marginalités. In: Magazine Littéraire. Paris, no. 362, p.39-43, fév./1998.

SAID, Edward. Cultura e imperialismo. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br