O anjo vingador e a mulher fatal: duas representações de violência e vingança em Ciranda de pedra

Carina Bertozzi de Lima

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar as figurações do anjo vingador e da mulher fatal personificadas em Virgínia, personagem principal do romance Ciranda de pedra, de Lygia Fagundes Telles. Aparentemente antagônicas, as personificações destas duas entidades se complementam no processo de violência e vingança que a personagem empreende contra os membros do círculo social ao qual deseja pertencer, porém é rejeitada.


Palavras-chave


Ciranda de Pedra; Violência; Mulher Fatal; Anjo Vingador.

Texto completo:

PDF

Referências


BÍBLIA SAGRADA. Livro de Êxodo. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2006.

COMMELIN, P. Mitologia grega e romana. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

GIRARD, René. A violência e o sagrado. Trad. Martha Conceição Gambini. São Paulo: Ed. Universidade Estadual Paulista, 1990.

PRAZ, Mario. A carne, a morte e o diabo na literatura romântica. Trad. Philadelpho Menezes. Campinas: Editora da Unicamp, 1996.

TELLES, Lygia Fagundes Telles. Ciranda de pedra. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1996.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br