Mito, história e arte: Do problema crítico literário à concepção ficcional de João Guimarães Rosa

Andréa de Morais Costa Bühler

Resumo


O presente artigo centra-se no interesse de compreensão dos estratos de sentidos aparentemente díspares na obra do escritor João Guimarães Rosa e, principalmente, no seu livro de estréia Sagarana. Inicialmente, o nosso percurso investigativo realiza um itinerário crítico em torno das abordagens crítico-interpretativas do objeto literário; para em seguida, tentar compreender a estrutura polifônica da obra do escritor a partir do cânon das narrativas populares.


Palavras-chave


Guimarães Rosa; Cânon popular; Polifonia.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: HUCITEC, 1996.

______. Problemas da poética de Dostoievski. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1997.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1994. (Obras escolhidas; v.I).

CANDIDO, Antonio. Sagarana. In: ROSA, João Guimarães. Ficção completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994, vol. II, p. 63-67.

______. Textos de intervenção. Org. Vinícius Dantas. São Paulo: Ed. 34/Duas Cidades, 2002.

ELIADE, Mircea. Mito e realidade. São Paulo: Perspectiva, 2006.

GAGNEBIN, Jeanne. História e narração em W. Benjamin. São Paulo: Ed. Perspectiva, 1999.

HEIDEGGER, Martin. A caminho da linguagem. Petrópolis: Vozes; São Paulo: Editora Universitária São Francisco, 2003.

KLEE, Paul. “Confissão criadora”. Revista de Filosofia Sofia, vol. X – n. 13 e 14, 2005, 271-277.

PROPP, Vladimir. Morfologia do conto maravilhoso. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1984.

ROSA, João Guimarães. Sagarana. Rio de Janeiro: Nova fronteira, 1984.

SCHUBACK, Márcia Sá. “Mito e arte – ou: do pensar sem pensamentos, a contribuição de Schelling”. In: ______. Mito e arte. Sofia – Revista semestral de filosofia, UFES, v. X; números 13 e 14, p. 203-229.

SCHWARZ, Roberto. “Nacional por subtração”. In: ______. Que horas são?: ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 1987, p. 29-55.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Ler o livro do mundo: Walter Benjamin, Romantismo e crítica literária. São Paulo: Iluminuras, 1999.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br