Proust e a morte vista pela afetividade

Edson Ribeiro da Silva

Resumo


Em busca do tempo perdido, de Marcel Proust, aborda o conceito de tempo tanto como constituição literária quanto como significação humana. Há diferentes formas de temporalidade. A morte torna-se um dos objetos da reflexão do narrador-personagem. Este faz da afetividade o fator a partir do qual ela é focalizada. Ela pode assumir um aspecto ora trágico ora caricato, conforme o grau de afetividade que medeia a relação do narrador com a pessoa morta ou por morrer.


Palavras-chave


Proust; Morte; Afetividade.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, A. B. Para uma leitura de Proust. Revista LETRAS, n. 67, Curitiba: Editora UFPR, set./dez. 2005.

BENJAMIN, W. A imagem de Proust. In: ______. Magia e técnica, arte e política. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BENVENISTE, E. Problemas de lingüística geral II. Trad. vários autores. Campinas, SP: Pontes Editora, 1989.

BORGES, G. As imagens da memória: Yeats... Proust... Beckett. Disponível em: Acesso em: 25 de maio de 2008.

FREIRE, J. C. Criar para o tempo. Tempo para o criar. Para criar o tempo. Uma revisitação da (ex)temporalidade na Recherche proustiana. Estudos de Psicologia, v. 6, n. 1, Natal: UFRN, jan./jun. 2001.

GENETTE, G. Dircurso da narrativa. Trad. Fernando Cabral Martins. Lisboa, Portugal: Vega Editora, s.d.

ISER, W. O fictício e o imaginário: perspectivas de uma antropologia literária. Trad. Johannes Kretschmer. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1996.

PROUST, M. O caminho de Guermantes. Em busca do tempo perdido. (Vol. 3) Trad. Mário Quintana. 8. ed., Rio de Janeiro: Editora Globo, 1988a.

______. A fugitiva. Em busca do tempo perdido. (Vol. 6) Trad. Carlos Drummond de Andrade. 7. ed., Rio de Janeiro: Editora Globo, 1988b.

______. O tempo redescoberto. Em busca do tempo perdido. (Vol. 7) Trad. Lúcia Miguel-Pereira, 8. ed., Rio de Janeiro: Editora Globo, 1988c.

RICOEUR, P. Tempo e narrativa. (Tomo II) Trad. Marina Appenzeller. Campinas, SP: Papirus, 1995.

TODOROV, T. Estruturalismo e poética. Trad. José Paulo Paes. São Paulo: Cultrix, 1974.

WILLEMART, P. Proust: poeta e psicanalista. Cotia, SP: Ateliê Editorial, 2000.

WIMMERS, I. C. Proust and emotion: the importance of affect in À la Recherché du Temps Perdu. Toronto, Canada: University of Toronto Press, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br