Humor e ideologia na literatura de António Lobo Antunes

Maria Elvira Malaquias de Carvalho

Resumo


Análise do romance O Esplendor de Portugal, com o objetivo de destacar a articulação entre humor e conflitos ideológicos na escrita de António Lobo Antunes.

 


Palavras-chave


Lobo Antunes; Humor; Conflitos ideológicos.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, António Lobo. O Esplendor de Portugal. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.

BAKHTIN, Mikhail. A pessoa que fala no romance. In: Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. 2.ed. São Paulo: UNESP/ Hucitec, 1990, p. 134-163.

PIRANDELLO, Luigi. On humor. Trad. Antonio Illiano, Daniel Testa. Chapell Hill: University of North Carolina Press, 1960.

QUENTAL, Antero de. No tricentenário de Camões. In: Prosas. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1931. vol. II, p. 309.

SCHWARZ, Roberto. Um mestre na periferia do capitalismo: Machado de Assis. 4.ed. São Paulo: Duas Cidades/Ed. 34, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br