Aspectos do trágico na tragédia Édipo-rei e no romance Lavoura arcaica

Thais Regina Pinheiro Gimenes

Resumo


Lavoura arcaica ressalta-se, possivelmente, como um dos mais trágicos (no sentido aristotélico) romances brasileiros das últimas décadas. Desse modo, a finalidade deste trabalho é, a partir de base teórico-metodológica comparatista, investigar o romance Lavoura arcaica a fim de verificar, alinhando com a produção literária clássica, a saber, Édipo-rei, de Sófocles de que maneira o moderno se reveste do clássico, mas, sobretudo, buscam-se elementos de distanciamento e de contato entre a produção literária do passado e a do presente, entre o que se considera “clássico” e o que se considera “moderno”.

 


Palavras-chave


Tragédia; Romance; Clássico; Moderno; Trágico.

Texto completo:

PDF

Referências


ARISTÓTELES. Poética. Trad. Eudoro de Souza. São Paulo: Ars Poética, 1993.

BRANDÃO, J. de S. Teatro grego: origem e evolução. São Paulo: Ars Poética, 1992.

______. Teatro grego: tragédia e comédia. Petrópolis: Vozes, 1984.

DANZINGER M. K., e W. S. JOHNSON. A natureza da tragédia. In: ______. Introdução ao estudo crítico da literatura. São Paulo: Edusp/Cultrix, 1974. 131-165.

FRYE, N. O mythos do outono: a tragédia. In: ______. Anatomia da crítica. Trad. de Eugênio da Silva Ramos. São Paulo: Cultrix, 1973. 133-235.

GADAMER, H. G. Verdade e método – traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Trad. de Flavio Paulo Meurer. Petrópolis: Vozes, 1999.

GAZOLLA, R. Para não ler ingenuamente uma tragédia grega – ensaio sobre aspectos do trágico. São Paulo: Edições Loyola, 2001.

KOTHE, F. R. O herói. São Paulo: Ática, 1985.

LESKY, A. A tragédia grega. 2. ed. Trad. J. Guinsburg, Geraldo Gerson de Souza e Alberto Guzik. São Paulo: Perspectiva, 1976.

NASSAR, R. Lavoura arcaica. 3. ed. rev. pelo autor. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

PERRONE-MOISÉS, L. Da cólera ao silêncio. Cadernos de Literatura Brasileira – Raduan Nassar. São Paulo: Instituto Moreira Salles, 1996.

SÓFOCLES. Édipo-rei. São Paulo: Martin Claret, s/d.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Estação Literária
Londrina/ PR
ISSN: 1983-1048
E-mail: estacaoliteraria@uel.br