Interação na sala de aula: possibilidades de abordagens

Luiz Antônio da Silva, Rosana Ribeiro Ramos, Valdir Heitor Barzotto

Resumo


O objetivo deste trabalho é investigar a existência (ou não) de um espaço em sala de aula favorável à prática da argumentação, em situações específicas de conflito na interação professor-aluno. Sendo a interação mediada pela linguagem, inte­ressa investigar como os sentidos constituídos por meio da linguagem influenciam os sujeitos envolvidos, colaborando ou não para suas ações em direção à prática do dis­curso argumentativo. O método de investigação consiste de observações de aulas ministradas a uma classe de 3o ano do Ensino Médio, em escola pública da periferia do município de São Paulo. As análises são fundamentadas nas contribuições da Análise da Conversação, da Teoria da Argu­mentação e da Análise do Discurso. Os resultados mostram que o espaço em sala de aula que privilegie a argumentação não chega a ser efetivo. Há um caminho a ser per­corrido no que diz respeito à compreensão dos seguintes aspectos: as concepções de lin­guagem; o processo interacional; o discurso, seu contexto mais amplo de produção e os efeitos possíveis de serem constituídos; o conflito; e a arte de argumentar em situações específicas de conflito, de maneira que tal compreensão se reverta em ações cujos efeitos possam transformar a realidade enfrentada na interação professor-aluno.


Palavras-chave


Interação professor-aluno. Conflito. Argumentação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2010v10n1p



Revista Entretextos

Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN: 1519-5392

 

Email:

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional