Estudo de elementos de persuasão em um comercial publicitário das Casas Bahia

Larissa Crepaldi Trindade

Resumo


O presente trabalho analisa os elementos textuais de um anúncio televisivo das Casas Bahia. Considerando ser esta na atualidade o maior anunciante varejista de móveis e eletrodomésticos brasileiro, torna-se de interesse social analisar seu formato de comunicação e a linguagem destinada ao seu leitor prototípico. O objetivo desse estudo é verificar os recursos expressivos da linguagem, a partir de aspectos da língua falada e da referenciação que geram interação e persuasão com o leitor, conduzindo-o ao convencimento e, posteriormente, ao consumo. O discurso publicitário televisivo possui um modo de produção pautado na língua escrita e o modo de execução na língua falada. A interação e persuasão foram verificadas através das características da oralidade apresentadas no filme publicitário que podem ser representadas da seguinte forma: a) recursos linguísticos da língua falada e escrita – vocabulário, figuras de linguagem, marcadores conversacionais; b) recursos audiovisuais – imagem, som e recursos de expressividade; c) não linguísticos - atividades não verbais da comunicação que acompanham o comportamento. O método de pesquisa foi o hipotético-dedutivo baseado na hipótese de que a linguagem empregada por esse anunciante gera um efeito de atração e persuasão, principalmente porque utiliza determinadas características voltadas ao seu interlocutor alvo.


Palavras-chave


Publicidade. Linguagem. Texto. Comunicação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2010v10n1p



Revista Entretextos

Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN: 1519-5392

 

Email:

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional