Entre o trabalho planificado e o realizado: configurações do agir docente de uma professora de Inglês para crianças no estágio supervisionado

Emanuelle Cricia Oliveira da Silva Vieira, Juliana Reichert Assunção Tonelli

Resumo


O objetivo desse artigo é apresentar uma análise do agir de uma professora de língua inglesa em formação inicial (PIFI), no desenvolvimento de sua “tarefa de dar aula” no estágio supervisionado obrigatório desenvolvido da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Para a análise, enfocamos o agir linguageiro da PIFI durante a entrevista sobre seu trabalho planificado e gravado em vídeo do desenvolvimento de sua “atividade aula”. Para a análise, fundamentamo-nos teórico e metodologicamente nos pressupostos do interacionismo sociodiscursivo (BRONCKART, 2008, 2012). Para a análise do agir linguageiro da PIFI investigamos as condições de produção dos textos e a coerência pragmática (gestão das vozes e de modalizações), visto que esses aspectos podem contribuir para a apreensão do agir linguageiro. Os resultados revelam que a prática da PIFI está permeada de prescrições de ordem institucional e da didática, ao mostrar que se baseia, por vezes, em perspectivas teóricas com as quais teve contado durante a graduação. A análise desse agir linguageiro possibilitou repensar novos rumos na formação do professor de língua inglesa para crianças (LIC).

 


Palavras-chave


Interacionismo sociodiscursivo; Agir docente

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2019v19n1p309

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista Entretextos

Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN: 1519-5392

 

Email:

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional