O uso de objetos de aprendizagem para o ensino de espanhol como língua estrangeira: análise e propostas didáticas

Raquel Bicalho de Carvalho Barrios, Vanessa Cruz Mantoani

Resumo


Os recursos tecnológicos estão cada vez mais imersos em nosso cotidiano. São utilizados de diversos modos e com variadas finalidades: comunicação, entretenimento, organização/planejamento, entre outras. Diante desse contexto, seu fim educativo também se tornou uma necessidade e instituições escolares e professores passaram a buscar formas de incluir essas ferramentas em sala de aula visando acompanhar e atender as demandas de uma sociedade tecnológica. Desse modo, este artigo tem como objetivo geral estabelecer um breve panorama histórico do uso de tecnologia no ensino de línguas e incentivar a sua utilização em aulas de espanhol como língua estrangeira (ELE) para aprendizes brasileiros. Para tanto, e de modo mais específico, temos por objetivo analisar dois OA (áudio e vídeo) produzidos para o ensino-aprendizagem de ELE disponibilizados no Banco Internacional de Objetos Educacionais (BIOE) e propor atividades a partir desses dois OA analisados. Utilizamos como referencial teórico, autores que discorrem sobre terminologias relacionadas à tecnologia (LÉVY, 1999; PAIVA, 2015; PRENSKY, 2001, 2010); recursos tecnológicos e ensino (ARAÚJO, 2013; PRENSKY, 2001, 2010; SILVA, 2013; TALLEI e COELHO, 2012) e objetos educacionais (ARAÚJO, 2013; WILEY, 2000).

Palavras-chave


Objetos de Aprendizagem; Uso de tecnologias; Propostas didáticas; Ensino de Língua Espanhola.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2018v18n1Supl.p215

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista Entretextos

Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN: 1519-5392

 

Email:

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional