A hibridização e os efeitos de sentido na propaganda

Cecília Contani Baraldo, Lolyane de Oliveira

Resumo


A publicidade utiliza, explícita ou implicitamente, discursos variados que objetivam potencializar e racionalizar o consumo e, neste universo, a persuasão é elemento essencial a ser analisado, porque é considerada a finalidade elementar do gênero anúncio. Ela é construída na associação de recursos linguísticos e na exploração de representações legitimadas pela sociedade. Lara (2007) afirma ser a publicidade um dos domínios em que mais se verifica a presença de  textos híbridos que, buscando criar efeitos de sentido de inovação, surpresa, humor, transformam o anúncio publicitário em um outro gênero, recorrendo, sobretudo, à alteração da forma, já que a função primeira (por exemplo, a de convencer o outro a consumir um dado produto ou a utilizar um determinado serviço) tende a se manter – e ser reconhecida pelo enunciatário. Desse modo, este trabalho busca, por meio da propaganda, identificar como a hibridização contribuiu para a argumentatividade do texto.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2014v14n1p



Revista Entretextos

Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN: 1519-5392

 

Email:

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional