A importância dos conhecimentos prévios no processo de leitura: uma análise de livro didático do ensino fundamental

Fabiana Poças Biondo

Resumo


Tomar como base a perspectiva segundo a qual a leitura constitui-se ponto de interação entre texto e leitor é admitir o caráter de construção de sentidos que ela possui. Tendo em vista que uma das principais condições para que o processo de leitura seja concebido como produção de sentidos é a ativação e vinculação dos conhecimentos prévios que os alunos possuem. Pretende-se, neste artigo, verificar se os livros didáticos da primeira etapa do ensino fundamental proporcionam as condições necessárias à promoção desses conhecimentos no processo de leitura. Para tanto, selecionamos um livro didático da 2ª série da coleção “Viver e aprender português”, adotada por um colégio público do município de Maringá/PR. Os dados revelaram forte tendência à realização de atividades de “imitações” de leitura, reflexos de uma concepção autoritária fortemente marcada na realidade escolar.

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2007v7n1p



Revista Entretextos

Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN: 1519-5392

 

Email:

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional