Você tem fome de quê? o processo de ensino e aprendizagem de espanhol (E/LE) como língua estrangeira por meio da Cultura

Natália Araújo da Fonseca, Denise de Andrade Santos Oliveira

Resumo


Este artigo tem como objetivo refletir sobre a importância da Cultura no processo de ensino e aprendizagem do espanhol como língua estrangeira (E/LE) por meio do diálogo entre as múltiplas linguagens, tais como literatura, música e pintura, uma vez que língua e cultura são indissociáveis (HYMES, 1972; DALPIAN, 1996; BROWN, 1994; DURÃO, 1999, 2002a, 2002b; FIORIN, 2005; DOURADO; POSHAR, 2010). Para isto, é proposto um trabalho interdisciplinar, entre as disciplinas de Artes e Língua Espanhola, permeado por um projeto didático-pedagógico a ser desenvolvido com o objetivo de fazer o aprendiz se tornar um cidadão reflexivo não apenas sobre os bens culturais da LE, mas também sobre a cultura da sua língua materna (LM).

Palavras-chave


Língua espanhola; cultura; interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2016v16n2p49



Revista Entretextos

Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN: 1519-5392

 

Email:

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional