A abordagem sociointeracionista na arquitetura do gênero ‘projeto’ no Terceiro Setor: desafios e perspectivas do linguista em campo

Janaina Behling

Resumo


Este artigo apresenta atividades de retextualização (MARCUSCHI, 2001) que configuram o corpus de um projeto arquitetado na cidade de São Paulo, entre uma líder comunitária, seus interlocutores e uma linguista aplicada. Os papéis identitários então constituídos enfocam lideranças urbanas e seus interlocutores como protagonistas que se apropriaram de sucessivos diálogos e escrituras de um mesmo projeto de ação local, enquanto refrataram (BAKHTIN, 1929) a linguagem de prestígio consagrada pelas esferas institucionais que constituem o Terceiro Setor e o fenômeno plurivocal da intersetorialidade em curso de significação.

Palavras-chave


Gêneros Discursivos, Abordagem Sociointeracionista, Pragmática

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2013v13n2p



Revista Entretextos

Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN: 1519-5392

 

Email:

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional