Da questão mítica do nome próprio

Daniel de Oliveira Gomes

Resumo


Trabalha-se, neste ensaio, a questão do silêncio e do poder nas heranças míticas e teológicas do nome próprio como questão essencialmente lingüística, tomando como fundamento alguns críticos e autores que, mais ou menos diretamente, abordaram o tema. Dentre eles, Paul Ricoeur, Friedrich Nietzsche, Ernest Cassirer, Michel Foucault, John Searle, Maurice Blanchot e Jacques Derrida. Buscamos interpretações plurais acerca do mito da Torre de Babel, visando animar sentidos para peculiaridades deste remoto e inacabado tema filosófico. O nome próprio é revelação sagrada do sem nome, inominável, que habita o texto, que habita o outro, que habita a cidade de Babel. O mito de Babel simboliza a fundação da comunidade. A comunidade onde a relação entre o eu e o outro dá-se no inevitável abismo da nomeação. O outro é apenas uma presença nomeada, ao mesmo tempo, um inominável.


Palavras-chave


Silêncio; Poder; Nome próprio; Babel

Texto completo:

PDF

Referências


AZÚA, Félix de. Sempre em Babel. In: LARROSA, Jorge; SKLIAR, Carlos (Org.). Habitantes de Babel: políticas e poéticas da diferença.Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

BLANCHOT, Maurice. A conversa Infinita. A palavra Plural. Trad. Aurélio Guerra Neto. São Paulo: Escuta, 2001

BUCH-JEPSEN, Niels. Le Nom propre et le propre auteur. Qu'est-se qu'une 'fonction-auteur? In: JACQUES-LEFEVRE, Nicole; REGARD, Frédéric. Une histoire de la 'fonction-auteur' est-elle possible? Saint-Étienne: L'Université de SaintÉtienne, 2001.

BENJAMIN, Walter. O narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In: BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. trad. Sérgio Paulo Rouanet. 7 ed. São Paulo: Brasiliense, 1997.

CAMPILLO, Antonio. El autor, la ficción, la verdad. Revista de Filosofia, Múrcia, 1992. v. 5 .

CASSIRER, Ernest. Linguagem e Mito. São Paulo: Perspectiva, 2000.

DEBRAY, Régis. Deus, um itinerário. Material para a história do Eterno ocidente. Trad. Jônatas Batista Neto. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

DELEGUE, Yves. La revolution de l'image: le discours devalue. In: DELEGUE, Yves. La Perte des Mots. Essai sur la naissance de la 'littérature' aux XVIe et XVIIe siècles. Strasbourg: Presses Universitaires de Strasbourg, 1990. Chap. II.

DERRIDA, Jacques. Torres de Babel. Trad. Junia Barreto. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2002.

GOMES, Daniel de Oliveira, SOUZA, Pedro de. (Org.). Foucault com outros nomes. Lugares de enunciação. Ponta Grossa: UEPG, 2009.

UIMARÃES, Eduardo. Semântica do Acontecimento. Campinas: Pontes, 2002.

HAROCHE, Claudine. Análise crítica dos fundamentos da forma sujeito (de direito). In: HAROCHE, Claudine. Fazer dizer, querer dizer. Trad. Eni Pulcinelli Orlandi. São Paulo: Hucitec, 1992.

KERBS, Raúl. El silêncio y la existência discursiva de Dios en la hermenéutica. Areté: Revista de Filosofia, Perú, v. 12, n. 2, 2000.

LAPIERRE, Nicole. Changer de nom. Paris: Gallimard, 2006.

PACHECO, Olandina M. C. de Assis. Sujeito e Singularidade. Ensaio sobre a construção da diferença. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1996.

POCA, Anna. La latencia o la ficción de verdade. Sobre el método del discurso de M.Blanchot. Revista de Filosofia, Múrcia, v. 5, 1992.

RESWEBER, Jean-Paul. A Fala. In: RESWEBER, Jean-Paul. A Filosofia da Linguagem. Trad. Yvone Toledo e José Paulo Paes. São Paulo: Cultrix, 1982.

SEARLE, John R. Nomes Próprios e Intencionalidade. In: SEARLE, John R. Intencionalidade. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

SLOTERDIJK, P. En el mismo Barco. Ensayo sobre la hiperpolítica. Madrid: Siruela, 2000. TÉLLEZ, Magaldy. A Paradoxal comunidade por-vir. In: LARROSA, Jorge; SKLIAR, Carlos. Habitantes de Babel: políticas e poéticas da diferença. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

WAHNÓN, Sultana. Lenguaje y Literatura, Barcelona: Ediciones Octaedro, 1995.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2013v13n1p137

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Entretextos

Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN (Impresso): 1519-5392

ISSN (Digital): 2764-0809

 

E-mail

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional