Análise dos recursos argumentativos de uma propaganda da Natura Ekos

Paula Tatiana Silva

Resumo


Neste trabalho, analisamos os recursos semântico-argumentativos  e o comprometimento socioambiental da empresa Natura em um texto publicitário impresso, da Natura Ekos.  Com base na Semântica Argumentativa, desenvolvida por Oswald Ducrot, para o qual a argumentação está na língua, destacamos os seguintes recursos: personificação, adjetivação, operador argumentativo, elemento dêitico, modalizador, intensificador e argumento por autoridade. Esses elementos corroboram para chamar a atenção do público-alvo e levá-lo não só à aquisição do produto anunciado, mas também a aderir aos valores transmitidos pelo locutor do anúncio. Além disso, o texto verbal, em conjunto com o texto não verbal, mostra-se persuasivo por meio da imagem que representa as comunidades tradicionais beneficiadas pelas iniciativas socioambientais da Natura. Por meio deste estudo, pretendemos contribuir com a formação de leitores mais críticos e também com as pesquisas que analisam o discurso e os efeitos de sentido que se estabelecem nos anúncios publicitários.

 


Palavras-chave


Argumentação; Ecopropaganda; Natura Ekos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1519-5392.2012v12n2p



Revista Entretextos

Pós-Graduação em Estudos da Linguagem

Universidade Estadual de Londrina

Londrina - PR

ISSN: 1519-5392

 

Email:

entretextos@uel.br


 

 Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional