Avaliação da criatividade em graduandos do curso de Psicologia

Marta Luísa da Cruz Alves, Paulo Francisco de Castro

Resumo


A criatividade configura-se como importante capacidade humana em várias áreas de atuação, inclusive no trabalho do psicólogo. O presente artigo objetiva descrever a criatividade em um grupo de estudantes do Curso de Psicologia, no sentido de verificar se a formação na área pode criar condições para o desenvolvimento do potencial criativo. Participaram do estudo 75 acadêmicos, distribuídos igualmente em três grupos, com alunos do primeiro, quinto e décimo semestres, com idade entre 18 e 59 anos, que responderam ao Teste de Torrance - Avaliação da Criatividade por Palavras, de acordo com as especificações técnicas do referido instrumento. Após avaliação dos testes, os resultados dos três grupos foram estatisticamente comparados e os principais resultados indicaram maior índice criativo nos formandos do curso, principalmente no que tange à fluência - capacidade em cultivar um número abundante de ideias e Originalidade - habilidade para produzir ideias novas ou incomuns.

Palavras-chave


criatividade; avaliação psicológica; estudantes universitários

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-6407.2014v5n1p25

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Estud. Interdiscip. Psicol.
E-mail: revistaeip@uel.br
E-ISSN: 2236-6407
DOI: 10.5433/2236-6407 

 


Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.