O consumo de álcool em universitários: Fidedignidade e sensibilidade de uma escala de medida

Nilton Formiga

Resumo


O consumo de álcool entre os jovens tem sido não somente um determinante para as relações interpessoais, mas, também, é atualmente, um problema que traz um prejuízo social, econômico e de saúde. Devido a essa condição, têm surgido instrumentos e reavaliados outras medidas mais confiáveis para identificar o problema com o consumo de álcool nesse grupo; dos inúmeros instrumentos, o AUDIT tem sido o mais utilizado em estudos no mundo, o qual tem se revelado consistente. O presente estudo tem como objetivo, avaliar a fidedignidade e consistência interna do AUDIT a partir de distintos cálculos estatísticos em uma amostra de universitários. Duas amostras de universitários, homens e mulheres, de 18 a 40 anos, na cidade de João Pessoa-PB responderam o AUDIT e dados sócio-demográficos. A partir de diferentes cálculos estatísticos, observaram-se indicadores psicométricos que revelaram confiabilidade e fidedignidade do AUDIT nas referidas amostras, garantindo assim, a medida sobre a identificação do problema do consumo de álcool nos respondentes.

Palavras-chave


problemas com álcool; fidedignidade; universitários

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-6407.2013v4n2p130

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Estud. Interdiscip. Psicol.
E-mail: revistaeip@uel.br
E-ISSN: 2236-6407
DOI: 10.5433/2236-6407 

 


Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.