Coletivo da Música: Um estudo sobre relações entre arte e saúde mental

José Luiz Dias Siqueira, Angela Maria Chagas Villasuso Lago

Resumo


O objetivo desta pesquisa é buscar uma compreensão a respeito das experiências de usuários da Saúde Mental em atividades musicais. Realizamos entrevistas abertas com 6 participantes do Coletivo da Música, projeto que promove atividades musicais em Campinas. Posteriomente, analisamos as transcrições tendo como referência o método fenomenológico, buscando discriminar algumas unidades de sentido e compreendê-las a partir de uma perspectiva psicológica. A música foi reconhecida pelos sujeitos como algo importante em suas vidas, associada à memória de períodos marcantes. As atividades musicais foram relacionadas a melhoras no estado de humor, ao aprendizado, à expressão e à socialização.


Palavras-chave


música; saúde mental; terapia pela arte

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-6407.2012v3n1p93

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Estud. Interdiscip. Psicol.
E-mail: revistaeip@uel.br
E-ISSN: 2236-6407
DOI: 10.5433/2236-6407 

 


Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.