Efeitos da herança psíquica na opção pela não construção do vínculo amoroso

Sandra Aparecida Serra Zanetti, Isabel Cristina Gomes

Resumo


O presente artigo objetiva demonstrar a influência e importância da herança psíquica familiar na opção pela não construção de um vínculo amoroso compromissado, a partir da análise de um caso. Esse artigo baseia-se numa pesquisa mais ampla que visou compreender esse tipo de opção pelo viés sociocultural, econômico e psíquico-geracional, cujos resultados evidenciaram a dimensão deste último fator psíquico influenciando esse tipo de escolha.

Palavras-chave


transmissão psíquica entre gerações; psicanálise; amor

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-6407.2012v3n1p57

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Estud. Interdiscip. Psicol.
E-mail: revistaeip@uel.br
E-ISSN: 2236-6407
DOI: 10.5433/2236-6407 

 


Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.