A transição da educação infantil para o ensino fundamental: uma teoria para orientar o pensar e o agir docentes

Suely Amaral Mello

Resumo


Com este artigo, quero problematizar a necessidade de uma formação teórica sólida dos professores e professoras também da educação infantil e do ensino fundamental numa perspectiva de educação que promova o desenvolvimento humano. Dada a nova compreensão do papel da educação na constituição do humano em cada um de nós, a intencionalidade docente se faz essencial para enfrentar o desafio colocado por Gramsci (1979) à escola e ao professor ou professora: formar cada criança para ser um dirigente. Para isso, trago algumas contribuições da teoria histórico-cultural para compreender o desenvolvimento humano e busco as implicações desta concepção, o que reforça a importância da apropriação/construção substancial de uma teoria pedagógica por parte dos docentes que possa orientar seu pensar e concretizar-se sob a forma de práticas pedagógicas desenvolventes.

Palavras-chave


Integração Educação Infantil e Ensino Fundamental, articulação teoria e prática; Teoria histórico-cultural

Texto completo:

PDF

Referências


DAVIDOV, Vasily Vasilovich. La enseñanza escolar y el desarrollo psíquico. Moscou: Editorial Progresso, 1988.

LEONTIEV, Alexis Nikolaevich. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTSKII, Lev Semyonovich; LURIA, A.R.; LEONTIEV, Alexis Nikolaevich. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 1988, p. 59-83.

LEONTIEV, Alexis Nikolaevich. Actividad, conciencia y personalidad. Buenos Aires: Ediciones Ciencias del Hombre, 1978a.

LEONTIEV, Alexis Nikolaevich. O homem e a cultura. In: LEONTIEV, Alexis Nikolaevich. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Livros Horizonte, 1978b. p.268-289.

FARIAS, Maria Auxiliadora S. de; MELLO, Suely Amaral. A escola como lugar da cultura mais elaborada. Educação, Santa Maria, v. 35, n. 1. p. 53-68, jan./abr. 2010.

GRAMSCI, Antonio. Os Intelectuais e a organização da cultura. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979.

MARX, Karl. Manuscritos econômicos e filosóficos. São Paulo: Editora Martin Claret, 2006.

PEDERIVA, P; ALMEIDA, S.; MELLO, Suely Amaral. Apresentação: Uma teoria para orientar nosso pensar e agir docentes na educação infantil. In: ALMEIDA, S.; MELLO, S. A. Teoria histórico-cultural na educação infantil: conversando com professoras e professores. Curitiba, Editora CRV, 2017. p. 5-13.

REINACH, Fernando. Neotenia e Educação Infantil. O Estado de São Paulo, p. A32, 25 de maio de 2013.

SÃO PAULO. Secretaria Municipal de Educação. Currículo Integrador da Infância Paulistana. 2015. Disponível em: http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/Portals/1/Files/24900.pdf. Acesso em: 16 jul. 2016.

VIGOTSKI, Lev Semyonovich. Psicologia pedagógica. Porto Alegre: Artmed, 2003.

VIGOTSKI, Lev Semyonovich. Quarta aula: a questão do meio na pedologia. Psicologia USP, São Paulo, v. 21, n. 4, p. 681-701, 2010.

VIGOTSKII, Lev Semyonovich. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: VIGOTSKII, Lev Semyonovich.; LURIA, A.R.; LEONTIEV, Alexis Nikolaevich. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 2. ed. São Paulo: Ícone, 1988. p. 103-117.

VYGOTSKY, Lev Semyonovich. Obras escogidas. 2. ed. Madrid, España. Visor. 1995. v. 3.

VYGOTSKY, Lev Semyonovich. Obras escogidas. Madrid: Visor, 1996. v. 4.

ZAPORÓZHETS, A. Importância dos períodos iniciais da vida na formação da personalidade infantil. In: DAVIDOV, Vasily Vasilovich.; SHUARE, M. (org.). La psicologia evolutiva y pedagogica en la URSS (Antologia). Moscou: Editorial Progresso, 1987. p.345-361.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2018v3n2p47

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Educação em Análise

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Educação em Análise
Issn: 2448-0320
E-mail: educanalise@uel.br

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional