O setor avícola no Brasil e sua distribuição regional

Franciele Thais Tremea, Ariana Cericatto da Silva

Resumo


A produção nacional de frango de corte tem se destacado entre os demais setores produtivos nas últimas décadas. O exponencial desempenho do setor possibilitou ao Brasil assumir posição de destaque no ranking mundial, como o maior exportador e terceiro maior produtor de carne de frango.  Apesar de todos os estados brasileiros produzirem carne de frango, a produção está concentrada na Região Sul do País, sendo o Paraná o principal produtor e exportador de aves do País. Nesse cenário, o objetivo principal deste trabalho foi analisar a especialização da produção de frango de corte, através do Quociente Locacional (QL) e analisar as exportações por meio do Market-Share (MS).  Os principais resultados obtidos apontam que o avanço da tecnologia na produção, melhoramento dos índices de conversão alimentar, genética, entre outros, contribuíram para a evolução do setor, tanto em termos de produção quanto em exportação. Neste sentido a região Sul é a mais desenvolvida e especializada neste segmento. O sistema de contrato de integração facilitou o elo entre produtores rurais e agroindústria, com o fornecimento da matéria-prima e assistência técnica, e o produtor com a mão de obra e estrutura necessária.

 


Palavras-chave


Setor avícola; Evolução da tecnologia; Produção e exportação de carne de frango

Texto completo:

PDF

Referências


AVISITE. Ranking avisite: as 10 maiores empresas no abate de frangos. 2015. Disponível em: https://brasilagro.wordpress.com/2015/05/08/ranking-avisite-as-10-maiores-empresas-no-abate-de-frangos//. Acesso em: 21 mar. 2017.

ASSOCIAC?A?O BRASILEIRA DE PROTEI?NA ANIMAL - ABPA. Relatórios anuais 2015. Disponi?vel em: http://abpa- br.com.br/files/publicacoes/c59411a243d6dab1da8e605be58348ac.pdf. Acesso em 10 set. 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PROTEÍNA ANIMAL - ABPA. Relatórios anuais 2016. Disponível em: http://abpa-br.com.br/storage/files/versao_final_para_envio_digital_1925a_final_abpa_relatorio_anual_2016_portugues_web1.pdf. Acesso em: 15 abr. 2017.

BANDEIRA, P. S. A economia da Região Sul. In: AFFONSO, R. de B. A.; SILVA, P. L. B. (orgs.) Desigualdades regionais e desenvolvimento. São Paulo: FUNDAP: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995, p. 225-251.

BATALHA, M. O. Gestão agroindustrial: GEPAI: Grupo de Estudos e Pesquisas Agroindustriais. 2 ed. Sa?o Paulo: Atlas, 1999, 323 p.

BELUSSO, D.; HESPANHOL, A. N. A evolução da avicultura industrial brasileira e seus efeitos territoriais. Maringá, 2010. Disponível em: http://www2.fct.unesp.br/nivaldo/Publica%E7%F5es-nivaldo/2010/AVICULTURA-2010.pdf. Acesso em: 03 nov. 2017.

BORTOLIN, S. E. Estimação de equação de oferta de exportação de frango para o Brasil (1991/2000). Piracicaba/SP. (Dissertação Mestrado) – Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. 2002.

BUARQUE. S. Cadeia produtiva da avicultura: Cenários econômicos e estudos setoriais. Recife, 2008. Disponível em: http://189.39.124.147:8030/downloads/avicultura.pdf. Acesso em: 03 nov. 2017.

BURANELLO, R. Sistemas agroindustriais e contratos de integrac?a?o vertical. 2014. Publicado em AgriForum. Disponi?vel em: http://agriforum.agr.br/sistemas- agroindustrias-e-contratos-de-integracao-vertical/. Acesso em: 13 jun. 2015.

CARNEIRO, R. Desenvolvimento em crise: a economia brasileira no último quarto do século XX. São Paulo: Editora Unesp, IE - Unicamp, 2002.

COLUSSI, J. Sistema americano aumenta produção de aves, 2014. Disponível em: http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/campo-e-lavoura/noticia/2014/11/sistema-americano-aumenta-producao-eaves4644602.html. Acesso em: 16 out. 2017.

DE ZEN, S.; IGUMA, M. D.; ORTELAN, C. B.; DOS SANTOS, V. H. S.; FELLI, C. B. Evolução da avicultura no Brasil. Informativo CEPEA, Análise trimestral, custos de produção da avicultura. Ano 1, Ed. 1, Universidade de São Paulo, 2014.

DUARTE, K. F. Avanços em nutrição de frangos de corte e poedeiras. 2011. Disponível em: http://www.agrolink.com.br/colunistas/avancos-em-nutricao-de-frangos-de-corte-e-poedeiras_3996.html. Acesso em 11 set. 2017.

FACHINELLO. A. L.; FERREIRA FILHO, J. B. S. Gripe aviária no Brasil: uma ana?lise econo?mica de equili?brio geral. 2010. Rev. Econ. Sociol. Rural, vol. 48, n. 3, Brasi?lia, 2010. Disponi?vel em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032010000300003. Acesso em: 03 mar. 2015.

FRANÇA, L. R. A evolução da base técnica da avicultura de corte no Brasil: transformações, determinantes e impactos. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Econômico), Uberlândia, 2000. Disponível em: http://levy.blog.br/arquivos/artigo-download/downs-33-0.pdf. Acesso em: 04 out. 2017.

FRANC?A, L. R.; FERNANDES FILHO, J. F. A evoluc?a?o da avicultura de corte em Goia?s. In: PEREIRA, S. L. O agronegócio nas Terras de Goiás. Uberlândia: EDUFU, 2003.

GRAZIANO DA SILVA, J. F. O Progresso técnico na agricultura. Campinas: UNICAMP/IE. 1990. Disponível em: https://seer.sct.embrapa.br/index.php/cct/article/viewFile/9119/5161. Acesso em 04 out. 2017.

HADDAD, P. R.; ANDRADE, T. A.; Métodos de Análise Regional. In: HADDAD, P. R. Org. Economia Regional: Teorias e Métodos de Análise. Fortaleza, Banco do Nordeste do Brasil. ETENE, 1989.

INSTITUTO DE ECONOMIA AGRÍCOLA - IEA. Preços médios. 2016. Disponível em: http://ciagri.iea.sp.gov.br/nia1/precos_medios.aspx?cod_sis=4. Acesso em: 26 out. 2017.

MENDES, A. A. Curso de atualização em manejo de frangos de corte. Campinas: AONCO, 1989.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA. Aves 2014. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/animal/especies/aves. Acesso em: 10 mai. 2017.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA. Mercado interno. 2015. Disponi?vel em: http://www.agricultura.gov.br/animal/mercado-interno. Acesso em: 04 out. 2016.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA. AGROSTAT - Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro, Indicadores. 2016. Disponível em: http://indicadores.agricultura.gov.br/agrostat/index.htm. Acesso em: 10 set. 2017

NOBREGA, M. Dark house com cortina e de parede. 2016. Disponível em: http://www.resumaodeveterinaria.com.br/dark-house/. Acesso em: 05 nov. 2017.

RIZZI, A. T. Mudanças tecnológicas e reestruturação da indústria alimentar: o caso da indústria de frangos no Brasil. (Tese de Doutorado) – Universidade de Campinas. Campinas, 1993.

SAKOMURA, N. K. Avicultura. 2014. Disponi?vel em: http://www.fcav.unesp.br/Home/departamentos/zootecnia/NILVAKAZUESAKOMURA/a ula_1_evolucaosituacao_perspectivas_da_avicultura_2013.pdf. Acesso em: 09 mai. 2015.

SILVA, C. L. da. Competitividade e estratégias internacionais: discutindo a cadeia de valor. Curitiba Jurua?, 2004.

SILVA, P. F. M. da. Diagnóstico da avicultura de corte brasileira. Minas Gerais, 2016. Disponível em: https://www.google.com.br/search?q=universidade+federal+de+lavras+%e2%80%93+3rlab&oq=universidade+federal+de+lavras+%e2%80%93+3rlab&aqs=chrome..69i57.33 7j0j7&sourceid=chrome&ie=utf-8. Acesso em: 03 nov. 2017.

SOUZA FILHO, H. M. de; BATALHA, M. O. (Org). Gestão integrada da agricultura familiar. Sa?o Carlos: EdUSCar, 2005.

UNIÃO BRASILEIRA DE AVICULTURA - UBA. Relatório anual 2010. Disponível em: http://abpa-br.com.br/files/publicacoes/bf03265d81def3449cc962c36dabdd8d.pdf. Acesso em: 05 abr. 2017.

UNIÃO BRASILEIRA DE AVICULTURA - UBA. Relatório anual 2013. Disponi?vel em: http://abpa- br.com.br/files/publicacoes/732e67e684103de4a2117dda9ddd280a.pdf. Acesso em: 20 mar. 2015.

UNIÃO BRASILEIRA DE AVICULTURA - UBA. Relatório anual 2014. Disponível em: http://abpa-br.com.br/files/publicacoes/8ca705e70f0cb110ae3aed67d29c8842.pdf. Acesso em: 22 abr. 2017.

WINTER, M. Contratos de integrac?a?o vertical. Sa?o Paulo, 2011. Disponi?vel em: http://www.agroanalysis.com.br/especiais_detalhe.php?idEspecial=86&ordem=3. Acesso em: 13 jun. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2020v8n1p183

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br