Crédito consignado: dinâmica e efeitos da flexibilização das condições de financiamento

Angélica Pott de Medeiros, Giulia Xisto de Oliveira, Reisoli Bender Filho

Resumo


A discussão proposta centrou-se em analisar o crédito consignado em termos de crescimento e estrutura e dos efeitos da flexibilização das regras de financiamento sobre a concessão dessa modalidade de crédito, considerando os montantes contratados e os respectivos segmentos: setor público, aposentados e pensionistas e setor privado. Os resultados evidenciaram que, apesar de crescente, o crédito consignado tem apresentado volumes menores de concessão, inclusive com resultados negativos nos últimos anos, a despeito da flexibilização das regras de contratação; embora a estrutura tenha se mantido praticamente constante ao longo do período, a crise fiscal trouxe uma nova dinâmica à concessão do consignado e; as novas regras de concessão apresentaram melhores resultados para o segmento de aposentados e pensionistas, cujo crescimento após a flexibilização das regras de contratação foi o dobro daquele observado para o segmento do setor público.

 

Abstract

The proposed discussion focused on analyzing payroll loans in terms of growth and structure and the effects of the flexibilization of financing rules on the granting of this type of credit, considering the amounts contracted and the respective segments: public sector, retirees and pensioners, and private sector. The analysis of the results showed that, in spite of increasing, payroll-deductible loans have presented lower concession volumes, even with reduction in recent years, despite the flexibility of contracting rules; although the structure remained practically constant throughout the period, the fiscal crisis brought a new momentum to the granting of payroll and; the new concession rules had positive effects for the segment of retirees and pensioners, whose growth after flexibilization of contracting rules was twice that observed for the public sector segment.   

 

Key-words: payroll loans; financing conditions; Brazilian economy.


Palavras-chave


crédito consignado; condições de financiamento; economia brasileira.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA JUNIOR, M.; LISBOA, M.; PESSOA, S. O ajuste inevitável: ou o país que ficou velho antes de se tornar desenvolvido. Geesta, São Paulo, 23 jul. 2015. Disponível em: < http://geesta.com.br/noticias/index.php/2015/07/23/o-ajuste-inevitavel-ou-o-pais-que-ficou-velho-antes-de-se-tornar-desenvolvido/>. Acesso em: 11 dez. 2017.

BANCO CENTRAL DO BRASIL. Sistema Gerenciador de Séries Temporais. Brasília, 2017. Disponível em: . Acesso em 20 mar. 2017.

BARBOSA, L. G. C. O governo Lula e a política econômica brasileira: continuidade ou ruptura?. Revista Todavia, Porto Alegre, v. 3, p. 34-51, 2012.

BRASIL. Lei n. 10.820, de 17 de dezembro de 2003. Dispõe sobre a autorização para desconto de prestações em folha de pagamento, e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 18 dez. 2003.

CARPENEDO JUNIOR, P. R; ZDANOWICZ, J. E. Perfil do crédito dos agentes financeiros privados de 2003 à 2013. 2015. 16 f. Monografia (Especialização em Finanças) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2015. Disponível em . Acesso em 09 de ago. 2017.

COSTA, J. H. R; RIBEIRO, M. S. P. Superendividamento: Consumo ou crédito irresponsável?. In: Congresso Brasileiro de Processo Coletivo e Cidadania, 2., 2014, Ribeirão Preto. Anais... Ribeirão Preto: [s.d], 2014. Disponível em: < http://www9.unaerp.br/revistas/index.php/cbpcc/article/viewFile/390/451>. Acesso em: 15 ago. 2017.

DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIECONÔMICOS – DIEESE. A evolução do crédito na economia brasileira 2008-2013. Nota Técnica n. 135, 2014. Disponível em: < https://www.dieese.org.br/notatecnica/2014/notaTec135Credito.pdf>. Acesso em: 20 jan. 2018.

DOS SANTOS, M. F M. S. A ação de consignação em pagamento: Considerações sobre o ônus da sucumbência frente ao princípio da causalidade. Revista Direito em Ação, Brasília, v. 14, n. 1, 2015.

FREITAS, M. C. P. de. Os efeitos da crise global no Brasil: aversão ao risco e preferência pela liquidez no mercado de crédito. Estudos Avançados. v. 23, n. 66, 2009.

GALEANO, E. V.; FEIJÓ, C. Crédito e crescimento econômico: uma exploração regional para a economia brasileira nos anos 2000. Universidade Federal Fluminense, 2010. Texto para Discussão n. 268. Disponível em: . Acesso em: 08 dez. 2017.

GIGLIUCCI, P. H. C. Crédito consignado a aposentados e pensionistas do INSS: evolução e fatores de sua expansão. 2011. 58 p. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2018.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6ª ed. São Paulo. Editora Atlas, 2008.

HISI, A. O panorama da inflação nos anos 80 e as medidas adotadas pelos diferentes governos. ComCiência, Campinas, n. 128, 2011. Disponível em: < http://comciencia.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-76542011000400004&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 10 dez. 2017.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Série de dados. Brasilia, 2017. Disponível em: . Acesso em: 03 abr. 2017.

LEÃO, A. P. C; FERNANDES, R. A. U; MARTINS, M. M. Empréstimos consignados e endividamento familiar: estudo junto a servidore(a)s público(a)s federais em Pernambuco. Oikos: Revista Brasileira de Economia Doméstica, Viçosa, v. 27, n. 2, p. 152-174, 2016.

LOPES, P. L; GOMES, C. C. S; SANTOS, E. R; JUNQUEIRA, F. C; FERRREIRA FILHO, E. P. Levantamento do Perfil dos Idosos Aposentados e Pensionistas Usuários de Empréstimo Consignado do Município de Barra do Piraí/RJ. In: Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, 11., 2014, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: AEDB, 2014.

MARISCO, F. A; FERNANDES, R. M. P. A responsabilidade civil na concessão do empréstimo consignado: uma análise do superendividamento do servidor público no estado de Rondônia. Revista de Direto Público, Londrina, v 7, N. 2, P. 157-180, maio/ago. 2012.

MELO, A. N; LIMA, A. A. B. Concessão de crédito consignado aos aposentados do regime geral de previdência social: Análise da repercussão econômica. Revista Arquivo Jurídico, Teresina, v. 2, n. 2, p. 103-115. Jul./Dez. 2015.

PASTORE, A. C. Desajuste fiscal e inflação: uma perspectiva histórica. In. BACHA, E. (Org.). A crise fiscal e monetária brasileira. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.

PORTO, E. A. Evolução do crédito pessoal no Brasil e o superendividamento do consumidor aposentado e pensionista em razão do empréstimo consignado. 2013. 160 p. Dissertação (Mestrado em Direito Econômico) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2013.

PULCINE, P. R; SANTOS, V. S; OLIVEIRA, E. A. A. Q. O papel do crédito consignado brasileiro para aposentados e pensionistas. In: Encontro Latino Americano de Iniciação Científica, 12., 2010, São José dos Campos. Anais... São José dos Campos: [s.d], 2010.

ROSA, T. H; ANDRADE, F. S. Notas sobre a tutela do consumidor superendividado no Brasil: Um novo caso de proteção da pessoa contra si mesmo (atualidades e perspectivas). Revista Arquivo Jurídico, Teresina, v. 2, n. 1, p. 81-104. Jan./Jun. de 2015.

SALTO, F. Os efeitos fiscais das políticas do Banco Central. In. SALTO, F.; ALMEIDA, M. Finanças Públicas: da contabilidade criativa ao resgate da credibilidade. Rio de Janeiro: Record, 2016.

SANT’ANNA, A. A.; JUNIOR, G. R. B.; ARAUJO, P. Q. de. Mercado de Crédito no Brasil: Evolução Recente e o Papel do BNDES (2004-2008). Revista do BNDES, Rio de Janeiro, v. 16, n. 31, p. 41-60, jun. 2009.

SCHUH, A. B.; CORONEL, D. A.; BENDER FILHO, R. Evolução do crédito consignado e sua relação com a atividade econômica agregada (2004-2014). In: Simpósio de Engenharia de Produção, 23., 2016, Bauru. Anais... Bauru: SIMPEP, 2016.

SERRANO, F. O conflito distributivo e a teoria da inflação inercial. Revista Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 14, n. 2, p. 395-421, maio/ago. 2010.

TRISTÃO, P. A; VIEIRA, K. M; CERETTA, P. S; BENDER FILHO, R. Evolução do crédito pessoal e habitacional no Brasil: Uma análise da influência dos fatores macroeconômicos no período pós-real. Estudos do CEPE, n. 40, Julho-Dezembro, p.78-106, 2014.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 2ª ed., Edição. São Paulo. Editora Atlas, 1998.

VOLPON, T. A. Globalização e a Política: de FHC a Lula. Rio de Janeiro: Revan, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2019v7n2p149

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br