Desigualdade salarial entre gêneros: análise por setor e região do Paraná

Andréia Ferreira Prestes, Fernanda Mendes Bezerra

Resumo


O objetivo desta pesquisa é identificar e analisar a relação entre as atividades produtivas e a desigualdade salarial entre os homens e mulheres, nos anos 2002 e 2016. Os dados foram extraídos da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), e a análise se dará por meio da aplicação da análise exploratória Shift-Share. De modo geral, a desigualdade salarial permanece no mercado de trabalho paranaense no período analisado, além de apresentar aumento, com exceção da construção civil. Dos três componentes, o nacional indicou que a desigualdade irá aumentar caso as regiões sigam a tendência nacional. No entanto, os componentes estrutural e regional compensam, em partes, a desigualdade, em espacial, nos setores do comércio, indústria e agropecuária.


Palavras-chave


Desigualdade salarial; Paraná; Shift-Share.

Texto completo:

pdf

Referências


ALBUQUERQUE, P. FERREIRA, J. Envelhecimento, emprego e remunerações nas regiões portuguesas: uma análise shift-share. Eure, v. 41, n. 122, p. 239-260, Enero 2015.

BAYLÃO, A. L. S.; SCHETTINO, E.M.O. A inserção da mulher no mercado de trabalho brasileiro. In: XI simpósio de excelência em gestão e tecnologia – SEGET, RESENDE, 2014. Anais... Disponível em: https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos14/20320175.pdf. Acesso em: 05 jan. 2018.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição: República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal do Brasil, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/ConstituicaoCompilado.htm. Acesso em: 13 jan. 2018.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. RAIS: Relação Anual de Informações Sociais. Brasília, DF, 2017. Disponível em: http://bi.mte.gov.br/bgproger/login.php. Acesso em: 08 jan. 2018.

BRASIL. Ministério da educação. A indústria do estado do Paraná. Portal MEC. SEADE. p. 101-167. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf/Indstria%20PR.pdf. Acesso em: 02 abr. 2018.

CUGINI, S. C. B.; MAIA, K.; DEVIDE JUNIOR, A.; SOUZA, S. C. I. A força de trabalho feminina no mercado de trabalho brasileiro: discriminação salarial por gênero, em 2002 e 2011. In: Encontro de Economia Paranaense - ECOPAR, Apucarana, 2014. Anais... Disponível em: http://www.fecea.br/ecopar/anais-evento.php. Acesso em: 05 jan. 2018.

FACHINELLI, A. S.; FILHO, U. A. S. O método diferencial-estrutural: Aplicação para os Estados da Região Sul frente à economia brasileira 1999/2004 e 2004/2008. Revista de Economia, v.39, n.3 (ano 37), p. 159-179, set./dez. 2013.

FERNANDES, Gustavo Andrey de Almeida Lopes. Brazilian female labor market: racial-skin color discrimination and inefficiency. Revista Economia Aplicada, São Paulo, v. 19, n. 2, p. 241-259, apr./jun. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-80502015000200241. Acesso em: 03 jan. 2018.

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS – FGV. Índice Geral de Preços – IGP. 2018. http://portalibre.fgv.br/main.jsp?lumChannelId=402880811D8E34B9011D92AF56810C57. Disponível em: Acesso em: 19 mar. 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Estatísticas. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/. Acesso em: 20 jan. 2018.

INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES. Base de dados do estado - BDE web, 2018. Disponível em: Acesso em: 18 jan. 2018.

LEONE, E. T.; BALTAR, P. Diferenças de rendimento do trabalho de homens e mulheres com educação superior nas metrópoles. Revista Brasileira de Estudos de população, São Paulo, v. 23, n. 2, p. 355-367, jul./dez. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepop/v23n2/a10v23n2. Acesso em: 06 jan. 2018.

MAPA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Valor Bruto da Produção (VBP) 2017. 2017. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/noticias/valor-da-producao-agropecuaria-de-2017-e-estimado-em-r-548-milhoes-o-maior-em-30-anos/2017-02-valor-bruto-da-producao-regional-por-uf.pdf. Acesso em: 25 mar. 2018.

MATTEI, T. F.; BAÇO, F. M. B. Análise das desigualdades salariais entre homens e mulheres no estado do Paraná. In: V Congresso Nacional de Pesquisa em Ciências Sociais Aplicadas – CONAPE, Francisco Beltrão: UNIOESTE, 2016. Anais... Disponível em: https://midas.unioeste.br/sgev/eventos/conape/anais. Acesso em: 06 jan. 2018.

MONTE, P. A. FILHO, H. S. R. SILVA, J. A. R. A composição do emprego no Brasil: uma abordagem estocástica do método shift-share. Rev. Econ. NE v. 48, n. 2, p. 111-126, abril/jun. 2017.

NUNES, A.; CARDIM, S. Desigualdades salariais entre homens e mulheres: evidências nacionais por setor de atividade. 2011. Disponível em: http://www.xviiencuentroaeca.ipb.pt/docs/artigos/76c.pdf. Acesso em: 07 jan. 2018.

NUNES, A.; BARROS, E. Estudo da Evolução do Desemprego Regional entre 2004 e 2009: Aplicação da Análise Shift-Share. Comunicação apresentada nas XXI Jornadas Hispano-Lusas de Géstion Científica 2011, Córdoba, Espanha, 2012.

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO – OIT. Mulheres no trabalho: tendência 2016. Disponível em: http://www.ilo.org/wcmsp5/groups/public/---dgreports/---dcomm/---publ/documents/publication/wcms_457096.pdf. Acesso em: 28 jan. 2018.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS - ONU. Progressoftheworld’swomen 2015-2016: transforming economies, realizingrights. unwomen, 2015. Disponível em: http://progress.unwomen.org/en/2015/pdf/UNW_progressreport.pdf. Acesso em: 28 jan. 2018.

RODRIGUES, D. A. O desempenho econômico da mesorregião norte central paranaense: um enfoque sob a economia espacial. 2014, 106 f. Dissertação de mestrado (Desenvolvimento Regional e Agronegócio) pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, Toledo, 2014.

SATEL, C. I. R.; SALES, M. F. Perfil dos ocupados no mercado de trabalho paranaense para 2003, 2006, 2009 e 2012.Economia & Região, Londrina (PR), v.2, n.1, p.81-98, ago./dez. 2014

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS – SEBRAE. A vez das mulheres nos canteiros de obras. Construção civil. 2014. Disponível em: http://www.sebraemercados.com.br/wp-content/uploads/2015/10/2014_05_20_BO_ConstCivil_MulheresNaCC_valid.pdf. Acesso em: 13 abr. 2018.

SILVA, Estela Marins Martiniano da. As disparidades salariais por gênero no mercado de trabalho brasileiro: 1995 2001, 2006 e 2012. 36 f. Monografia (Graduação em Ciências Econômicas), Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014.

TELECHI, A. V. Produtividade e remuneração do trabalho aplicação de uma análise shift-share ao Brasil e Portugal. 2017, 68 f. Dissertação de mestrado (Gestão das Organizações, Ramo de Gestão de Empresas) pelo Instituto Politécnico de Bragança, Bragança, 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2019v7n2p29

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br