PERFIL DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO DO MUNICÍPIO DE TOLEDO-PR NO PERÍODO DE 2005 A 2016: uma análise das consequências econômicas e sociais

Leandro Kehl, Valdir Antonio Galante

Resumo


Este artigo buscou analisar o perfil dos acidentes de trânsito do município de Toledo/PR no período de 2005 a 2016, a fim de identificar os efeitos econômicos e sociais decorrentes. Para tanto, a metodologia utilizada parte da abordagem qualitativa usando-se dados estruturados de instituições competentes (SYSBM e IPEA), os quais trazem a quantidade de acidentes de trânsito e óbitos resultantes desses acidentes, bem como os custos estimados para cada situação, dentre eles perda de produção, danos à propriedade e custos médicos/hospitalares. Notou-se que os custos financeiros podem ser mensurados, porém os reflexos sociais envolvendo a dor e o sofrimento dos familiares e amigos das vítimas dos acidentes de trânsito são incalculáveis. Verificou-se ainda que, as vítimas geralmente ficam afastadas do trabalho, podendo levar ao empobrecimento constante, repercutindo negativamente na própria vida e da sociedade em geral.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2019v7n2p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br