Um estudo acerca do perfil de consumo cultural dos alunos da Universidade Federal do Ceará

Thiago Andrade Sales, Pablo Urano de Carvalho Castelar, Alesandra de Araújo Benevides

Resumo


Este trabalho busca estudar o comportamento de consumo de bens culturais pelos alunos da Universidade Federal do Ceará - UFC. Utilizou-se como forma de captura e instrumentalização dos dados o uso de um questionário para que fossem observados aspectos econômicos e sociais dos agentes, assim como perguntas mais direcionadas à sua forma de consumo cultural, frequência de uso e grau de importância desses bens. A partir disso, foi elaborado um modelo probit em que se analisa o comportamento do consumo de bens culturais mediante algumas variáveis exógenas como: a utilização de bens culturais dentro da universidade; anos de estudo nos cursos de graduação na universidade; idade dos estudantes; renda e sexo. Verificou-se que a utilização de bens culturais disponibilizados pela universidade tende a aumentar o consumo de bens culturais, assim como em relação aos anos de estudo dos agentes nos cursos de graduação. No entanto, à medida que os alunos aumentam de idade, seu consumo de cultura tende a diminuir, e parece haver um desconexo entre disponibilidade de equipamentos culturais e percepção dos discentes a respeito desta oferta.

Palavras-chave


Consumo cultural; Univesidade Federal do Ceará; Modelo Probit.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2019v7n1p85

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br