A coordenação entre produtores e processadores piscícola no norte do Paraná

Jheine Oliveira Bessa Franco, Carolina Andrea Gómez Winkler Sudré, Sandra Mara Schiavi Bánkuti, José Paulo de Souza

Resumo


A piscicultura é considerada atividade estratégica para a segurança alimentar sustentável e para o desenvolvimento social de países em desenvolvimento. Assim, o estado do Paraná vem se destacando na produção de peixes deste tipo de cultivo. Contudo, existem entraves para a organização e desenvolvimento desta atividade que podem ser amenizados com uma coordenação eficiente das atividades dos envolvidos nesta SAG. Assim, com a utilização da Teoria da Economia dos Custos de Transação, o presente estudo objetivou compreender as formas de coordenação entre produtores e processadores do SAG piscícola no Norte do Paraná, buscando verificar os atributos transacionados neste sistema, a identificação das estruturas de governança, bem como a existência do alinhamento entre as características das transações e o tipo de estruturas de governança adotado. Para isso, utilizou-se pesquisa qualitativa de cunho descritivo, com o auxílio de pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semi estruturada com representante da EMATER/Pr. Conclui-se, tendo em vista a existência de especificidade de ativos físicos, incerteza de clima e preço e atitudes oportunistas na relação, a estrutura de governança encontrada (mercado) não é uma coordenação adequada.

ABSTRACT

 

Fish farming is considered a strategic activity for sustainable food security and for the social development in developing countries. Paraná state has been taking a prominent position in that activity. However, there are obstacles to the organization and development of Paraná’s fish farming, which can be mitigated by an efficient fish chain coordination. Thus, using of Transaction Cost Economics, the present study aims to understand the forms of coordination between fish producers and processors in the North of Paraná, seeking to verify the transacted attributes, the governance structures, as well as the existence of the alignment between the transactions characteristics and the type of governance structures. We conducted a qualitative descriptive research, supported on bibliographical research and field research. Data collection was performed through a semi-structured interview with a representative of EMATER / Pr, two fish producers and one processor. It was concluded that, given the existence of physical assets specificity, climate and price uncertainties and opportunistic attitudes in the relationship, the adoption of market as governance structure is not aligned with the efficiency conditions proposed theoretically, which can hinder chain competitiveness.

 

Keywords: Pisciculture. Coordination. Transaction Costs Economics.


Palavras-chave


Piscicultura. Coordenação. Economia dos Custos de Transação.

Texto completo:

pdf

Referências


AEN - Agência Estadual de Notícias do Paraná. Emater apoia ação para fortalecer piscicultura no Norte paranaense. Disponível em: http://www.fundacaofia.com.br/pensa/anexos/biblioteca/13320071457_.pdf. Acesso em: 7 ago. 2016.

BAUER, M.W. Análise de conteúdo clássica: uma revisão. In: BAUER, Martin; GASKELL, George. (Org.) Pesquisa Qualitativa com texto, imagem e som: Um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2002.

BARROS, A. F. de; BÁNKUTI, F. I.; MARTINS, M. I. E. G. Arranjos organizacionais da Piscicultura na Baixada Cuiabana, Estado de Mato Grosso. Informações Econômicas, SP, v. 42, n. 6, nov./dez. 2012.

BARZEL, Y. Organizational forms and measurement costs. Journal of Institutional and Theoretical Economics, v.161, n.3, p.357-373, 2005.

BOSCOLO, W.R. e ALDI, F. Industrialização de Tilápias. Toledo: GFM Gráfica e Editora, 2007.

BRAGA, M.J; AGUIAR, D.R. D.; TEIXEIRA, E.C. Defesa da concorrência e poder de mercado no agronegócio. Viçosa: UFV, 2005.

CASTRO, L. T e; MAFUD, M. D.; SCARE, R. F.; ROSSI, R. M. Análise da Competitividade do APL de Piscicultura no Lago de Três Marias. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, v. 13, n. 3, p. 389-402, 2011.

CNA- Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil. Carne de peixe em dobro.Disponível em http://www.canaldoprodutor.com.br/comunicacao/noticias/carne-de-peixe-em-dobro. Acesso em: 10 ago. 2016.

COASE, R. H. The Nature of the Firm. Economica. New Series, v.4, n.16, 386-405, 1937.

FAO - FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS. The State of World Fisheries and Aquaculture, 2012. Disponível em: http://www.fao.org/docrep/016/i2727e/i2727e00.htm. Acesso em: 08 de ago. 2016.

______. The State of World Fisheries and Aquaculture 2016. Roma, 2016. Disponível em: http://www.fao.org/3/a-i5555e.pdf. Acesso em: 08 de ago. 2016.

FARINA, E. M. Competitividade e coordenação de sistemas agroindustriais: um ensaio conceitual. Revista Gestão e Produção, v.6, n.3, dez. 1999, p.147 – 161, 1999.

FIGUEIREDO JÚNIOR, C. A.; VALENTE JÚNIOR, A. B. Cultivo de Tilápias no Brasil: Origens e Cenário Atual. In Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (SOBER), XLVI., 2008, Rio Branco. Anais… Rio Branco: SOBER, 2008.Disponível em: http://www.sober.org.br/palestra/9/178.pdf

GASKELL, G. Entrevistas individuais e grupais. In: BAUER, Martin; GASKELL, George. (Org.) Pesquisa Qualitativa com texto, imagem e som: Um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2002.

HORN, C. L.; SHIKIDA, P. F. A.; STADUTO, J. A. R. O ambiente competitivo e as estratégias da copacol (Pr): O caso da produção da tilápia. Revista Extensão Rural, DEAER/PPGExR – CCR – UFSM, Ano XVI, n° 17, 5-24, 2009.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção pecuária municipal. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/pesquisas/pesquisa_resultados.php ?id_pesquisa=21. Acesso em 22 de Jul. 2016.

KLEIN,B.; CROWFORD, R.G.; ALCHIAN, A.A. Vertical Integration, Appropriable Rents,

and the Competitive Contracting Process. Journal of Laws and Economics, v.21, n.2, p.297-326, 1978.

KNIGHT, F.H. Risk, uncertainty and profit. Chicago: Chicago Press University, 1921.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E.M. Fundamentos de metodologia científica. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MELO, A. R. STIPP, N. A. F. A Piscicultura em Cativeiro como Alternativa Econômica para as áreas Rurais. Geografia, Londrina, v. 10, n. 2, p. 175-193, 2001.

MERRIAM, S. B. Qualitative Research and Case Study Applications in Education. San Francisco: Jossey Bass, 1998.

PONDÉ, J.L.; FAGUNDES, J.; POSSAS, M. Custo de Transação e Política de Defesa da Concorrência. Economia Contemporânea, n.2, 115-135, 1997.

SCORVO FILHO, J. D. O agronegócio da aquicultura: perspectivas e tendências. Disponível em: http://www.pesca.sp.gov.br/textos_tecnicos.php. Acesso em: 22 Jul. de 2016.

SEAB. Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná. Produção de peixe deve crescer 22% no Paraná em 2016. Disponível em: http://www.agricultura.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=5856. Acesso em: 15 de Jul. 2016.

SIDONIO, L; CAVALCANTI, I.; CAPANEMA, L.; MORCH, R.; MAGALHÃES, G.; LIMA, J.; BURNS, V.; ALVES JÚNIOR, A. J.; MUNGIOLI, R. Panorama da aquicultura no Brasil: desafios e oportunidades. BNDES Setorial, n. 35, p. 421- 463, 2012.

SILVA, C.A. B.; BATALHA, M.O. Competitividade em sistemas agroindustriais: Metodologia e estudo de caso. II Workshop Brasileiro de Sistemas Agroalimentares, PENSA/FEA/USP: Ribeirão Preto, 1999.

SILVA, N. J. R.Dinâmicas de desenvolvimento da piscicultura e políticas públicas no Vale do Ribeira / SP e Alto Vale do Itajaí / SC – Brasil.2005. 544 f. Tese (Doutorado) - Centro de Aquicultura – CAUNESP, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal, São Paulo, 2005. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/144143.

RISSATO, D. (2001). A Indústria e Beneficiamento de Tilápias do Nilo no Estado do Paraná: um estudo de sua organização industrial. 2001. 136 f. Dissertação (Mestrado). Escola Superior de Agricultura Luis de Queiroz, Piracicaba. Disponível em: http://www.sidalc.net/cgi-bin/wxis.exe/?IsisScript=AGB.xis&method=post&formato=2&cantidad=1&expresion=mfn=199053.

VIEIRA; M. M. F.; ZOUAIN, D. M. Pesquisa qualitativa em administração. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

WILLIAMSON, O. E. The Economic Institutions of Capitalism . New York: The Free Press, 1985.

______. Comparative Economic Organization: The Analysis of Discrete Structural Alternatives. Administrative Science Quarterly, 36, p. 269-296, 1991.

______. The New Institutional Economics: Taking Stock, Looking Ahead. Journal of Economic Literature, 38, p.595-613, 2000.

ZYLBERSZTAJN, D., FARINA, E. M.M.Q. Strictly Coordinated food-systems: exploring the limits of the coasian firm. International Food and Agribusiness Management Review, 2, 249-265, 1999.

ZYLBERSZTAJN, D.; NEVES, M. F. Economia e gestão dos negócios agroalimentares. São Paulo: Pioneira, 2000.

______. Papel dos contratos na coordenação agro-industrial: um olhar além dos mercados. In: SOUZA, J. P. de; PRADO, I. N. do. Cadeias produtivas: estudos sobre competitividade e coordenação. 2. ed. Maringá: EDUEM, p.39-74, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2018v6n2p27

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br