UM ESTUDO SOBRE OS PRINCÍPIOS DO GESPÚBLICA NO ÂMBITO DA GESTÃO DE PESSOAS EM UM ÓRGÃO DO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO

Kevin Ferreira Corcino, Marcleide Maria Macêdo Pederneiras, Lúcia Maria Portela de Lima Rodrigues, José Ribamar Marques de Carvalho

Resumo


A administração pública por diferir da iniciativa privada em seu propósito social e missão, sempre buscou evoluir adotando as melhores práticas já consolidadas na iniciativa privada. Em 2005 o governo federal, por meio do decreto 5.378 de 23 de fevereiro, lançou um marco na criação do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização do Governo Federal (GESPÚBLICA).Este programa tem como principal objetivo promover uma gestão pública de excelência e propõe parâmetros de estímulo para as organizações públicas alcançarem uma melhor gestão através de gerenciamento em várias dimensões, entre elas a de gestão de pessoas.  Este artigo tem como objetivo avaliar a percepção por parte dos servidores, de um órgão da administração do Governo de Pernambuco, dos princípios norteadores do GESPÚBLICA, em sua dimensão de gestão de pessoas. O resultado da pesquisa demonstra que existe um grande desafio a ser superado pelo órgão nos subsistemas “recompensando pessoas”, “aplicando pessoas”, “desenvolvendo pessoas” e “mantendo pessoas”. Estes subsistemas são percebidos de uma forma negativa, sendo preciso adotar práticas dentro desta organização e desenvolver processos que contribuam para o contínuo desenvolvimento da gestão pública de excelência.


Palavras-chave


Gestão Pública. GESPÚBLICA. Gestão de Pessoas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2019v7n2p69

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br