Envelhecimento da População Paranaense: O impacto das Aposentadorias na Renda.

Carina Diane Nakatani-Macedo, Flávio Kauê Fiuza-Moura, Carlos Roberto Ferreira, Marcia Regina Gabardo da Camara

Resumo


O presente artigo discute a evolução do processo de envelhecimento da população dos municípios do Paraná e suas consequências na participação das aposentadorias e pensões no total da renda. Utilizou-se a base de dados censitários do IPARDES - 1980, 1991, 2000 e 2010, para os 399 municípios do Paraná. A base de dados utilizada para aferir a evolução da participação do rendimento das aposentadorias e pensões foram as PNADs (Pesquisa Nacional de Amostras de Domicílios) entre 1988 e 2012, através da metodologia de Decomposição do Índice de Gini. Conclui-se que no intervalo de 30 anos a participação percentual de idosos na população mais que triplicou, em média, para os municípios do Paraná, de 3,81% em 1980 e para 12,83%, em 2010 e que há uma maior concentração de idosos nos municípios localizados mais ao norte do estado. A renda provinda das aposentadorias e pensões expandiu em 125% na participação da renda total; em 1988, a participação era de 7,5% na renda total, tendo aumentado para 15,9% em 2012.


Palavras-chave


Envelhecimento populacional; Aposentadorias e pensões; Paraná.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2015v3n1p27

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br