Estrutura produtiva e relações de produção entre a Região Polarizada por Londrina e o Restante do Paraná em 2006

Antonio Carlos Moretto, Rossana Lott Rodrigues, Umberto Antonio Sesso Filho, Ricardo Kureski

Resumo


Este artigo teve por objetivo estimar as ligações setoriais e o transbordamento do multiplicador de produção entre a região polarizada por Londrina e Restante do Paraná utilizando a matriz de insumo-produto inter-regional estimada para 2006. Os principais resultados mostraram que: a) a agricultura e os setores alimentares se destacaram na estrutura produtiva da Região polarizada por Londrina, comparativamente ao Restante do Paraná, enquanto propagadores das relações intersetoriais; b) a estrutura industrial do Restante do Paraná se apresentou mais diversificada relativamente à da Região Polarizada por Londrina, não dependendo tanto da agricultura e dos setores alimentares para sua dinâmica; c) o efeito transbordamento do multiplicador de produção no sentido Restante do Paraná-Região Polarizada por Londrina foi de 4,9% enquanto no sentido contrário alcançou 12%, revelando maior dependência desta última em relação ao Restante do Paraná para seu processo produtivo; d) o Restante do Paraná, embora mais diversificado em sua estrutura produtiva, apresentou-se mais dependente da Região Polarizada por Londrina no que se refere ao atendimento dos requisitos de insumos para os setores agroalimentares diante de aumentos na sua demanda final.


Palavras-chave


economia regional; insumo-produto; estrutura produtiva; relações de produção.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2015v3n1p5

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br