O impacto do status socioeconômico na incidência de casos de Aids nos municípios brasileiros: um estudo por dados em painel

Marcia Regina Godoy, Everton Nunes da Silva, Tanara Rosangela Vieira Sousa

Resumo


Nos últimos anos, muitos pesquisadores dedicaram atenção à questão da importância dos indicadores sociais na redução de doenças. O objetivo deste artigo é analisar a associação estatística entre os casos notificados de AIDS e algumas variáveis socioeconômicas. Foi analisada uma amostra de 1.994 municípios brasileiros com casos de AIDS informados em 1991 e 2000. As variáveis analisadas são: taxa de incidência de AIDS per capita; taxa de analfabetismo; Índice de Gini; renda per capita; acesso a eletricidade e televisão; esperança de vida ao nascer. A abordagem econométrica usada neste estudo foi modelo de dados em painel. Os resultados desta análise mostram que as variáveis socioeconômicas são importantes para entender a incidência dos casos de AIDS no Brasil, e são importantes para o desenho de políticas públicas para o combate do aumento da incidência de HIV/AIDS; além de mostrarem um padrão distinto ao encontrado na literatura para países africanos.


Palavras-chave


AIDS; Dados em painel. Economia regional.Políticas públicas. Indicadores socioeconômicos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2317-627X.2013v1n1p4

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Economia e Região
E-ISSN: 2317-627X
DOI: 10.5433/2317-627X

Contato: 55-43-3371-4255
E-mail: rer@uel.br