“Ai de vós almas depravadas” - um estudo iconográfico sobre a pintura de teto da capela de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Prados, séculos XVIII e XIX

Kellen Cristina Silva

Resumo


O presente artigo tem a finalidade de apresentar um estudo iconográfico da pintura de teto da igreja de Nossa Senhora do Rosário, localizada na cidade de Prados, Minas Gerais. A pintura data da virada do século XVIII para o XIX e apresenta uma iconografia divergente daquela comumente utilizada na ornamentação dos tetos das igrejas e capelas da região. Atrelado a isso, conjugamos as relações existentes no Novo Mundo, sobretudo ao que tange o imaginário religioso existente tanto na Península Ibérica, quanto aquele nascido da mestiçagem colonial. Para tal empreitada, nos valemos dos estudos de Aby Warburg, que considerava a imagem como um “sintoma” dos medos e anseios que permeiam os questionamentos do homem, afirmando que a imagem está sempre pronta para “reencarnar” quando determinadas emoções afloram.

Palavras-chave


Iconografia; Apocalipse; Arte Colonial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2015v9n17p118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem2@gmail.com
E-ISSN: 2237-9126