A circulação de gravuras flamengas no Vice-Reino do Peru: transferência de modelos e inventividade

Flavia Galli Tatsch

Resumo


Este artigo analisa a circulação de gravuras flamengas no território do Vice-Reino do Peru. Buscamos apresentar seu papel na produção artística local, observando a dupla perspectiva de transferência de modelos e de criação de um repertório iconográfico para os artistas nativos. Mais ainda, interessa perceber quando e como os artistas conseguiram se afastar desses modelos, criando e inserindo elementos novos.

Palavras-chave


Gravuras flamengas; Vice-Reino do Peru; Circulação e transferências artísticas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2015v9n17p7

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem@uel.br
E-ISSN: 2237-9126