Uma origem para os carmelitas: a azulejaria do profeta Elias na Igreja de Nossa Senhora do Carmo na Paraíba Colonial.

André Cabral Honor

Resumo


Surgida no século XII, a Ordem do Carmo adota como seu fundador uma das figuras mais importantes do Antigo Testamento e da história católica: o Profeta Elias. O lapso temporal entre o surgimento efetivo dos carmelitas e a aparição do profeta suscitou diversos debates na Igreja Católica sobre a asseveração do profeta como fundador dos carmelitas. O presente artigo procura realizar um estudo iconológico de dois painéis de azulejaria da Igreja de Nossa
Senhora do Carmo na cidade da Paraíba colonial – atual João Pessoa – que retratam importantes passagens da vida do profeta Elias. Conectando essas imagens a outros elementos
imagéticos da igreja é possível visualizar, dentro da cultura histórica carmelita, a importância que a figura do profeta Elias tem como afiançador da primazia da antiguidade da Ordem
Carmelita.


Palavras-chave


azulejaria; carmelitas; iconologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2009v3n5p7

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem@uel.br
E-ISSN: 2237-9126