A fotografia mortuária no contexto familiar: estudo de retratos produzidos em Bela Vista de Goiás (1920-1960)

Déborah Borges

Resumo


Este trabalho propõe análises sobre as maneiras pelas quais famílias enlutadas utilizaram os retratos de pessoas falecidas no período de luto. Para isto, fixamos a cidade de Bela Vista de Goiás como espaço para a investigação, tentando estabelecer relações entre o conteúdo expresso nas fotografias, produzidas entre as décadas de 1920 e 1960, e o contexto cultural que cercava a produção e os usos destas imagens. Assim, esta pesquisa busca contribuir com as discussões acerca das mentalidades coletivas sobre morte e rituais de morte, além de refletir sobre um tipo específico de uso da fotografia num processo de construção de memórias familiares.


Palavras-chave


Morte; Fotografia; Bela Vista de Goiás

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2237-9126.2013v7n13p24

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Domínios da Imagem
Telefone: 55 (43)3328-4589 
E-mail: dominiosdaimagem@uel.br
E-ISSN: 2237-9126