Domínios da Imagem

A revista Domínios da Imagem é uma publicação dirigida pelo Laboratório de Estudos dos Domínios da Imagem (LEDI), um projeto integrado (pesquisa/extensão) do Departamento de História da Universidade Estadual de Londrina, tem o caráter multidisciplinar, está vinculada ao Programa de Pós-Graduação em História Social e teve seu primeiro número lançado em novembro de 2007.

Indexadores:  ERIH PLUSLatindex

Qualis CAPES - 2016 - História: B3   


CHAMADA PARA DOSSIÊ - v. 13, n. 25, jul./dez. 2019

IMAGENS MIDIÁTICAS E/OU MIDIATIZADAS: TEMPORALIDADES E HISTORICIDADES

Organizadores: Áureo Busetto (UNESP/Assis) e Cássia Rita Louro Palha (Universidade Federal de São João Del Rey)

Ao longo do século XX, o mundo foi sucessivamente tocado por imagens (re)produzidas e veiculadas pela mídia, as quais avançaram em tamanho, abrangência e modos de operar. Imagens que, ao serem integradas paulatinamente à vida cotidiana, deram provas do seu potencial relativo em influir nas formas de ver e apreciar a sociedade e de nela agir por diferentes e diversos agentes sociais, individuais ou coletivos. Com as facilidades trazidas pela internet em termos de difusão, troca e acesso de dados, muitas delas possíveis desde a década de 1990 e ampliadas no correr do vigente século, o emprego de imagens em todo tipo de comunicação foi dinamizado e potencializado, a par de um considerável redimensionamento de interseções entre imagens reveladas desde tempos remotos até o presente imediato, bem como entre elementos imagéticos, textos, falas e outros sons. Conteúdos imagéticos que são elaborados, tanto oficial e particularmente quanto corporativa e colaborativamente, num fluxo ininterrupto e veloz a embaralhar elementos da originalidade, reprodução e ressignificações das imagens. Expediente que, ao contrário de passado recente, não mais se restringe aos círculos dirigentes e de produtores da chamada indústria cultural, posto aberto a todos os integrados às infovias, com destaque para as redes sociais virtuais. A onipresença e dominância da imagem midiática e/ou midiatizada na vida cotidiana atual exigem cada vez mais dos pesquisadores, com especial apelo aos da área de História, porém, consonantes a abordagens interdisciplinares, o conhecimento e a compreensão da atuação da mídia ao longo do século passado. Sem, contudo, desconsiderar, conforme historicidades exigidas por questões específicas de pesquisas, recuos temporais mais amplos e mesmo o olhar histórico sobre sociedades distintas à ocidental contemporânea. Dotar de historicidade o domínio da imagem no presente imediato requer a perscrutação, análise e reflexão sobre proximidades e distanciamentos, continuidades e rupturas, concentração e descentralização, adesões e oposições, desejos e angústias investidas ao campo de possibilidades do produzir, emitir e mesmo da recepção de imagens midiáticas e/ou midiatizadas que compõem, ao mesmo tempo, à trajetória contemporânea da comunicação social e à do mundo em geral. Nesta direção, o dossiê proposto objetiva difundir resultados de pesquisas sobre as diferentes e diversificadas imagens midiáticas e/ou midiatizadas que conseguiram figurar ou buscaram constar no repertório imagético da sociedade contemporânea em geral, mas também nos de distintos grupos e coletividades que a compõem. Repertório quer atrelado a questões sociais, políticas, culturais e econômicas, bem como a temáticas localizadas em interfaces dessas dimensões da vida, quer registrado em suportes midiáticos desde o impresso, passando pelo filme e vídeo, até o digital, ou ainda no entrelaçar das linguagens próprias de cada tipo de mídia. Sem perder de vista a caracterização e reflexão sobre temporalidades e historicidades das imagens midiáticas e/ou midiatizadas enfocadas e suas formas de produção e divulgação ou das múltiplas recepções delas. Reunião de artigos que em seu conjunto, sem dúvida, tem potencial para lançar subsídios ao conhecimento e compreensão histórica sobre a imagem em tempos de comunicação social marcada pela internet.

Contamos com a participação de todas e todos para o novo dossiê da Domínios!


                   



v. 13, n. 24 (2019)


Capa da revista