Food Porn: imagens, sentidos sociais e virtualização do prazer de comer

Antonio Hélio Junqueira

Resumo


Este artigo objetiva abordar o fenômeno food porn, a partir da investigação dos impactos e sentidos sociais da midiatização do prazer de comer, tornados possíveis pela produção e circulação de imagens de comida em redes sociais digitais. O corpus foi composto por artigos científicos publicados internacionalmente sobre o tema, entre 2015 e 2019, e a análise dos seus resultados aponta para diferentes possibilidades de agenciamento das subjetividades e para múltiplas apropriações políticas das imagens compartilhadas.

Palavras-chave


Política da imagem. Interação digital. Consumo. Fotografia de comida.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2019v15n26p171

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Discursos Fotogr.

Londrina - PR

DOI: 10.5433/1984-7939

EISSN: 1984-7939

Email: revistadiscursos@uel.br




 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.