A interdição das imagens: a construção do outro pelas charges de Maomé

Alberto Klein, Maria Luisa Hoffmann

Resumo


Este artigo analisa a construção do islã como imagem invertida do ocidente através da publicação das Charges de Maomé em um jornal dinamarquês em setembro de 2005. A associação do profeta islâmico com o terrorismo em imagens é discutida à luz de pressupostos teóricos da semiótica da cultura e de autores como Vilém Flusser e Norval Baitello Júnior.


Palavras-chave


Semiótica da Cultura. Islã. Maomé.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2009v5n6p59



Discursos Fotogr.

Londrina - PR

DOI: 10.5433/1984-7939

EISSN: 1984-7939

Email: revistadiscursos@uel.br




 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.